Pesquisar notícia
quarta,
17 abr 2024
PUB
Abrantes

GNR continua a efetuar buscas para encontrar homem desaparecido no Castelo de Bode

8/05/2023 às 16:15
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Foto: Antena Livre

O alerta para um acidente na albufeira da Barragem do Castelo de Bode foi dado pelas 20:38 horas deste domingo, dia 7 de maio.

Segundo o jornal Correio da Manhã, um homem de 50 anos “está desaparecido no Rio Zêzere, na zona de Abrantes. A namorada foi vista a sair do rio e a pedir ajuda depois de os dois terem ido dar um passeio de barco”.

Ainda segundo conta a publicação, “o barco a motor em que o casal estava a passear na albufeira de Castelo de Bode foi localizado por equipas dos Bombeiros de Abrantes. A embarcação estava sem ninguém a bordo, junto à margem do rio Zêzere com o motor ligado e as luzes acesas”.

A Antena Livre já confirmou esta informação. O barco terá ficado engatado e seguiu marcha tendo sido encontrado pelos Bombeiros de Abrantes encostado à margem, onde bateu e parou.

Quanto à mulher, encontrada na margem da albufeira na freguesia de Fontes, ficou à guarda da GNR e terá sido acompanhada ao Hospital de Abrantes.

Avança ainda o Correio da Manhã que “segundo a mulher, de 27 anos, os dois alugaram o barco na praia fluvial de Trízio”, no concelho da Sertã, “e pararam na zona de Abrantes para tomarem banho no rio Zêzere. A determinada altura, a mulher deixou de ver o companheiro e nadou até à margem, por se encontrar a alguma distância do barco. Ao chegar à margem, molhada e em fato de banho, gritou a pedir ajuda, tendo sido ouvida por um pescador que se encontrava na margem em frente”.

Para o local, os Bombeiros Voluntários de Abrantes fizeram deslocar duas viaturas, um barco e cinco operacionais, entre eles mergulhadores.

A ocorrência foi dada como encerrada pelas 00:40 horas pelos bombeiros, sendo que o caso passou para a alçada da GNR que continua a efetuar buscas no local com elementos do Destacamento Territorial de Abrantes. As buscas estão a ser efetuadas quer com o auxílio de drones, quer com mergulhadores.

A Antena Livre também já confirmou junto de fonte da GNR que no terreno estão também militares do RAME - Regimento de Apoio Militar de Emergência.