Pesquisar notícia
quinta,
18 ago 2022
PUB
Sociedade

Comandantes Adelino Gomes e José Curado agraciados com Medalha de Mérito de Proteção e Socorro

26/05/2022 às 18:04
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Adelino Gomes e José Curado

Os ex- comandantes dos bombeiros de Constância, Adelino Gomes, do Sardoal, José Curado, de Almeirim, José Vitorino, e da Chamusca, Manuel Rufino, vão se agraciados com a Medalha de Mérito de Proteção e Socorro, no grau cobre e distintivo laranja.

A proposta foi feita pela presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil, Anabela Freitas, e teve o despacho do ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro esta quinta-feira. O despacho de atribuição das medalhas está já publicado em Diário da República.

No despacho assinado por José Luís Carneiro, pode ler-se, em relação aos quatro comandantes que no decurso da sua carreira tiveram um desempenho “altamente profissional, discreto, metódico e rigoroso, dotado de um elevado espírito de missão e capacidade de trabalho” e adianta que conseguiram “granjear dos seus pares e dos seus comandados um elevado reconhecimento pelo sentido de missão e competência que sempre colocou em todos os atos de serviço, demonstrando sempre uma capacidade de análise digna de realce, o que aliado a um elevado dinamismo, eficiência e liderança nas inúmeras solicitações operacionais, lhe permitiu tomar decisões e apresentar com oportunidade propostas adequadas e fundamentadas para os inúmeros e por vezes complexos problemas a resolver, sendo por isso um exemplo na prossecução dos objetivos da proteção civil, nomeadamente na salvaguarda de pessoas e bens.”

Nos quatro despachos pode ainda ler-se que “por tudo o que foi dito anteriormente, pelas excecionais qualidades, virtudes profissionais e humanas que possui, pela afirmação constante de elevados dotes de caráter, lealdade, abnegação, espírito de sacrifício e competência profissional, bem como, pelo extraordinário zelo colocado em todos os atos de serviço, o comandante Manuel Rufino é digno de ser apontado como sendo um exemplo a seguir, dando-se pública nota de que os serviços por si prestados sejam considerados relevantes e de elevado mérito, deles tendo resultado prestígio e honra para os bombeiros e para a proteção civil.”

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, Adelino Lourenço Gomes, ingressou como aspirante nos Bombeiros Voluntários de Constância há 45 anos, tendo cumprido funções no quadro de Comando dos Bombeiros Voluntários de Constância durante 29 anos, 20 dos quais no exercício do cargo de comandante.

Já o comandante dos Bombeiros Municipais do Sardoal, José Rosa Reis Curado, desempenhou funções no quadro de Comando dos Bombeiros do Sardoal durante 32 anos, 20 dos quais no exercício do cargo de comandante.

O comandante, José Alberto Almeida Vitorino, dedicou mais de 40 anos à causa da proteção e do socorro, 34 dos quais no desempenho das funções de comandante dos Bombeiros Voluntários de Almeirim, dos Bombeiros Municipais de Santarém e dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos, tendo ainda sido inspetor distrital de Bombeiros de Castelo Branco.

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Chamusca, Manuel Domingos Andrade Rufino, desempenhou as funções de comandante dos Bombeiros Voluntários da Chamusca ao longo de 40 anos, tendo demonstrado sempre excecional zelo no cumprimento dos seus deveres, impondo ao seu trabalho elevados padrões de qualidade, com evidente reflexo na atividade do corpo de bombeiros que comandou e nas atividades de proteção civil, às quais sempre coligou um alto sentido de responsabilidade, garantindo desta forma uma capacidade de resposta oportuna e de qualidade, em todas as intervenções no âmbito do SIOPS.