Pesquisar notícia
segunda,
06 dez 2021
PUB
Sociedade

Atelier RUA regressou ao Parque Tejo para assinalar 10 anos de Arquitetura

10/04/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Pedro Costa, Maria do Céu Albuquerque, Paulo Borralho e Uzina Books (editor do livro)

Os arquitetos do Atelier Rua, Francisco Garcia de Freitas e Paulo Borralho, estiveram na sexta-feira, em Rossio ao Sul do Tejo, para falar aos presentes sobre os dez anos de existência do ateliê e dos projetos que desenvolveram na região do Médio Tejo.

A iniciativa decorreu no Parque Tejo e contou com uma conferência, onde foi apresentado o livro "1+1 Portuguese Architects - Atelier RUA", seguida de uma visita guiada ao parque.

Em declarações à Antena Livre, Paulo Borralho explicou que a ação resultou de um convite realizado pela Delegação do Centro da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional Sul, com o apoio do Município de Abrantes. O objetivo foi “fazer uma visita guiada e uma conferência que de certa maneira celebram os 10 anos de atividade do Atelier Rua que se iniciou precisamente aqui na região do Médio Tejo”.

Paulo Borralho contou-nos a história: “Foi lançado um concurso internacional para a dinamização das margens do rio Tejo e nós fomos um dos ateliês que concorremos a esse concurso de ideias. Era um concurso que versava um território muito extenso, desde VN da Barquinha até a Abrantes, e para essas diferentes localidades eram propostos diferentes programas e equipamentos”.

“Na sequência desse concurso surgiram para os ateliês premiados a oportunidade de se construir alguns projetos entre eles o Parque Tejo, que já recebeu distinções e tem tido alguma visibilidade internacional”, continuou.

Sobre os dez anos de existência, o arquiteto afirmou que “a atividade que desenvolvemos aqui neste território foi marcante e decisiva para que o ateliê se pudesse afirmar. Desde logo, por causa deste projeto [o Parque Tejo] e outros que tivemos para a região, que surgiram na sequência do concurso ou por contactos que fomos realizando. Portanto, temos desenvolvido muito a nossa atividade nesta região”.

“Estamos a fazer neste momento uma adega perto de Vila Velha de Rodão e estamos a desenvolver um centro escolar na Linhaceira, que deverá entrar em obra ainda este ano”, acrescentou.

Sobre o livro “1+1 Portuguese Architects - Atelier RUA”, Paulo Borralho explicou que a obra está “inserida numa coleção que versam vários arquitetos portugueses. Fala sobre duas obras escolhidas de dois ateliês. No nosso caso, temos o Parque Tejo representado nesse livro e a pensão Agrícola em Tavira, que tem recolhido também alguma visibilidade e notoriedade”.

Na conferência realizada no Parque Tejo marcou presença Maria do Céu Albuquerque, presidente da CM de Abrantes, Pedro Costa presidente da Delegação do Centro da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional Sul e demais convidados.

Arquitetos do Atelier Rua no Parque Tejo