Pesquisar notícia
terça,
16 abr 2024
PUB
Médio Tejo

Rota dos Templários é aposta forte para o turismo do Médio Tejo (c/áudio)

15/03/2024 às 11:03
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Rota dos Templários do Médio Tejo já “se tinha” mostrado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), mas foi agora oficialmente apresentada. O convento de Cristo, “palco” maior dos Templários acolheu a apresentação deste novo produto turístico que junta 34 locais identificados com os Templários, quatro itinerários possíveis que permitem passar por sete municípios. Neste território, a Rota abrange sete municípios. Três deles são a âncora da presença mística da ordem na região: Tomar (Convento de Cristo), Barquinha (Castelo de Almourol) e Ferreira do Zêzere (Dornes). Depois juntam-se a esta oferta os patrimónios arquitetónico, militar e religioso de Abrantes, Ourém, Sertã, Tomar e Torres Novas.

A rota templária propõe quatro itinerários temáticos. O militar, a centrar-se nos castelos e fortalezas, o religioso, que dá a conhecer algumas igrejas, crenças e hábitos religiosos dos Templários, o simbólico, que explora o misticismo e a imagética templária, e o arquitetónico, que se debruça sobre as características e as inovações da arquitetura templária.

Para além daquilo que é o património existente, a Rota acrescenta experiências “imersivas”, um site próprio (templarportugal.com), uma aplicação para dispositivos móveis (Rota dos Templários) e páginas nas redes sociais (templarportugal), nomeadamente no Facebook e no Instagram.

As experiências “imersivas” já disponíveis ao público são uma visita virtual ao Castelo de Almourol, no Centro de Interpretação Templário de Almourol, em Vila Nova da Barquinha, e agora a Reconstituição do Cerco ao Castelo de Tomar, no Convento de Cristo, em Tomar. De notar que esta experiência em Tomar tem três momentos distintos.

Nesta área está ainda por concretizar a experiência de vídeo mapping que irá retratar as lendas da Torre de Dornes e da Igreja Nossa Senhora do Pranto. Deverá avançar quando terminarem as obras que decorrem na Torre de Dornes, Ferreira do Zêzere.

Jorge Simões, CIMT Médio Tejo 

 Rota dos Templários no Médio Tejo resultou das candidaturas da CIM Médio Tejo e dos municípios, aprovadas na Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior do Turismo de Portugal, representado um investimento total de cerca de 1,4 milhões de euros.

Manuel Jorge Valamatos, iniciou o seu discurso na cerimónia de apresentação pública da Rota dos Templários no Médio Tejo, que decorreu esta quarta-feira, 13 março, no Convento de Cristo, em Tomar, perante uma sala cheia de entidades parceiras do projeto.

“Queremos acreditar, que hoje damos o primeiro passo para que este projeto deixe de ser um projeto, para iniciar o seu caminho enquanto produto turístico integrado desta região, no Centro de Portugal”.

Aos jornalistas Manuel Jorge Valamatos destacou a existência do património muito valioso, a começar pelo Convento de Cristo, e do alargamento às parcerias com outros municípios para mostrar o que de melhor tem a região.

 

Manuel Jorge Valamatos, presidente CIMT

O presidente da CIMT e da Câmara de Abrantes vincou que este projeto mostra bem o trabalho que está a ser desenvolvido. E referiu esperar que seja uma peça do trabalho que a comunidade está a preparar. Depois fez a ligação, necessária, ao ponto mais turístico desta região que é Fátima, no sentido de apontar a necessidade de fazer todas estas ligações para aumentar os produtos turísticos.

A cerimónia de apresentação da Rota foi marcada por vários discursos que exaltaram as potencialidades desta Rota e o quanto ela vai “qualificar o Médio Tejo e a região Centro como destino” e permitir “interligações com o turismo religioso, a gastronomia, o turismo industrial” e outros, tal como mencionou a vice-presidente da Entidade Regional do Turismo do Centro, Anabela Freitas.

E depois traçou um perfil sobre a importância do turismo. O centro teve, em 2023, 8 milhões de dormidas, sendo que o Médio Tejo registou 1,5 milhões. Foi a região que mais subiu com um crescimento de 28%.

 

Anabela Freitas, vice-presidente Turismo Centro

 

O Turismo de Portugal foi parceiro da CIMT e dos Municípios neste projeto. Foi feita uma candidatura de 1,4 Milhões de Euros e o Turismo de Portugal apoiou com 70% do valor global. Carlos Abade, presidente do Turismo de Portugal, destacou o trabalho de parceria porque há um grande desafio no setor, que é “continuar a crescer” em qualidade. Esta Rota, disse, vai também contribuir para esse desígnio.

Carlos Abade revelou que “o objetivo era chegar aos 27 mil ME em 2027, estamos a 7% [desse montante], e estamos convictos que este ano vamos atingir essa meta”, tendo acrescentado que “os desafios passam por fazer mais e melhor, e, continuamente, inovar, valorizar e criar valor”. E vincou este projeto com a criação de valor. A região já tinha os recursos, mas não tinham ainda a criação de valor, o que vai acontecer a partir de agora.

 

Carlos Abade, presidente Turismo de Portugal 

O presidente da Câmara de Tomar salientou “a importância de trabalharmos em conjunto e olharmos para o território numa perspetiva de redes, ganhando escala”, disse Hugo Cristóvão, tendo recordado que, há cerca de uma década, o município de Tomar iniciou a criação da Rota Europeia, das cidades templárias, que se tem vindo a desenvolver com um conjunto de parceiros internacionais e que a Rota dos Templários no Médio Tejo é mais um contributo para este grande projeto. E indicou a vontade de contrariar a ideia de que grande parte dos turistas que entram no Convento de Cristo “não descem à cidade.” Esta Rota pretende fazer que com “desçam” à cidade e desçam a todo o Médio Tejo. 

Hugo Cristóvão, presidente CM Tomar

A Rota dos Templários no Médio Tejo agrega vários recursos com vínculo à temática templária, com percursos e património visitável em sete municípios - Abrantes, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sertã, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha - a par de experiências imersivas e diversas ferramentas de comunicação. Pode conhecer mais em https://templarportugal.com/pt/, onde pode programar a sua visita ao a este território.

Galeria de Imagens