Pesquisar notícia
domingo,
23 jun 2024
PUB
Tramagal

CTT fecha posto de correios na vila e a solução pode passar pela Junta de Freguesia (C/áudio)

16/08/2023 às 17:04
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Tramagal está sem posto de correios. O ponto da empresa que funcionava nas instalações da Associação de Dadores de Sangue de Tramagal foi encerrado após uma auditoria feita pela própria empresa.
A informação sobre o encerramento do posto de correios foi divulgado pela Junta de Freguesia na página da rede social Facebook na quarta-feira, dia 10 de agosto: “Informamos que os CTT do Tramagal foram hoje encerrados de forma imprevista. A Junta de Freguesia está desde já a trabalhar para encontrar solução para este grave problema e minimizar os transtornos que se prevêem ocorrer até à reposição dos serviços.”

Ao que se sabe o encerramento foi imediato e em resultado feito pela empresa ao posto de correio da vila.

A Associação de Dadores de Sangue de Tramagal que tinha o acordo com os CTT desde 2011 ainda não reagiu a esta decisão.

Já a Junta de Freguesia de Tramagal já empenhada, tal como a empresa, ao que se sabe, a encontrar uma solução para que o posto possa reabrir rapidamente e evitar os transtornos que vai causar à população.

A solução pode mesmo passar pela Junta de Freguesia. António José Carvalho, presidente da Junta de Freguesia de Tramagal disse à Antena Livre que vai ter uma Assembleia de Freguesia esta quinta-feira na qual vai apresentar uma proposta para resolver este problema que, segundo afirmou, passa por ser a Junta a assumir este serviço.

O autarca vincou que os CTT também querem resolver o problema, porque até estar a operar a solução os tramagalenses têm de recorrer à estação de Abrantes (centro da cidade) para todo o serviço ou então para questões mais ligeiras como remeter uma carta podem aceder aos postos de São Miguel do Rio Torto ou Santa Margarida.

António José Carvalho indicou que mesmo os apartados, mais para clientes empresariais, estão agora em Abrantes, sendo que as empresas de Tramagal têm de recolher a correspondência no centro da cidade.

Já em relação às necessidades da população mais idosa, António José Carvalho referiu que a Junta de Freguesia também pode criar condições para facilitar o acesso aos correios, neste período em que o posto está fechado. É que a população mais idosa é um dos grupos etários onde há maior impacto desta decisão dos CTT.

António José Carvalho, presidente JF Tramagal

Não há, ainda, qualquer prazo definido ou previsto para que o Tramagal volte a ter o posto de correios a funcionar. Parece quase certo que a solução passará pelo acolhimento do posto dos correios nas instalações da Junta de Freguesia.

Palavras chave:
Tramagal CTT