Pesquisar notícia
domingo,
14 abr 2024
PUB
Médio Tejo

Caudais do Tejo e Zêzere subiram mas não há alerta da Proteção Civil

19/01/2024 às 11:04
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Devido à pluviosidade que tem caído na região, as barragens de Castelo de Bode, no rio Zêzere, e do Fratel, no rio Tejo, estão a debitar, em conjunto, 1500 m3 de água.

Para já, e segundo o comandante sub-regional de Emergência e Proteção Civil do Médio Tejo, não é previsível que a situação se altere e que os caudais subam mais. Não é, portanto, expectável que a Proteção Civil venha a emitir algum alerta. David Lobato deixa no entanto o conselho para que as pessoas que tenham animais ou bens junto às margens dos rios, que os retirem por uma questão de precaução.

Em Alvega, a água chegou à Estação de Canoagem mas não se prevê que o caudal se altere.

A expetativa é que o volume dos caudais ainda se mantenha por mais alguns dias.

Os serviços municipais de Proteção Civil de Mação, Abrantes, Constância e Vila Nova da Barquinha estão a ser informados e a acompanhar a situação.

Fotos: Maria Fernanda Galhoufa no Facebook - Estação de Canoagem de Alvega