Pesquisar notícia
quarta,
21 fev 2024
PUB
Abrantes

Tagusvalley é parceiro na investigação das necessidades reais das PME na Euroace

26/12/2023 às 17:13
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O TAGUSVALLEY é parceiro no projeto internacional DRIVEN, com um orçamento superior a um milhão de euros, cofinanciado pelo Programa Interreg VI A Espanha – Portugal (POCTEP) 2021-2027, que criará um ecossistema de inovação hispano-português para orientar recursos e capacidades de investigação para os desafios da empresa na Estremadura, Centro de Portugal e Alentejo.

O projeto DRIVEN pretende contribuir para o desenvolvimento de um Ecossistema de Inovação Transfronteiriço, guiado por desafios e gerido de forma distribuída no território, para uma melhor orientação dos recursos e da capacidade de investigação e desenvolvimento tecnológico para as necessidades reais e desafios estratégicos do tecido empresarial, sobretudo das PME industriais, dando lugar à transformação industrial e ao empreendedorismo de base tecnológica que contribua para os objetivos comuns das três regiões, em termos de especialização inteligente.

Desta forma, e até junho de 2026, o DRIVEN visa direcionar os recursos e as capacidades de investigação e desenvolvimento tecnológico da área transfronteiriça para os desafios estratégicos do tecido empresarial, com especial atenção para as PME industriais. O líder do projeto é a Fundación FUNDECYT – Parque Científico y Tecnológico de Extremadura, e participam também a Câmara Oficial de Comércio, Indústria e Serviços de Cáceres e sua congênere em Badajoz; o Parque Alentejano de Ciência e Tecnologia (PACT); a Incubadora Associação para o Desenvolvimento de Atividades de Incubação de Ideias e Empresas-IPN, a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e o Centro de Inovação no Centro de Portugal (TAGUSVALLEY).

Com o DRIVEN, foi criado um programa de atividades e ações estratégicas, como a criação e promoção de um observatório de inovação aberta EUROACE, um processo pelo qual as empresas expressam seus desafios à comunidade científica e tecnológica para que, por meio da cooperação, sejam coletadas possíveis ideias e soluções que ela possa lhes proporcionar. assumindo assim um risco menor do que se desenvolvessem internamente as suas próprias soluções. O observatório será complementado por ações de formação e processos específicos para identificar e lançar desafios individuais e sectoriais para a indústria EUROACE. Por fim, será criada uma plataforma que reúne todas as informações e iniciativas do projeto, que permite a troca e partilha de conhecimento, a identificação de soluções tecnológicas e o desenvolvimento de programas de pré-aceleração, incubação e aceleração de novas iniciativas de negócios.

Este projeto é financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional FEDER através do Programa Interreg V-A España-Portugal (POCTEP) 2021-2027.

Para mais informações, visite o site: https://tagusvalley.pt/projecto/driven-open-innovation-driven-economy/