Pesquisar notícia
sexta,
09 dez 2022
PUB
Tagusvalley

Concurso Arrisca C regressa para premiar projetos que valorizem a região Centro

15/11/2022 às 15:21
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Concurso de Ideias de Negócio ARRISCA C está de volta para premiar ideias de negócio de base científica ou tecnológica e contribuir para a sua transformação em iniciativas empresariais.

Há mais de 20.000 euros em prémios monetários, aos quais se juntam outras recompensas, para distinguir ideias que valorizem a Região Centro e que tenham impacto em áreas como Recursos Naturais e Bioeconomia, Energia e Clima, Materiais, Tooling e Tecnologias de Produção, Cultura, Criatividade e Turismo, Saúde e Bem-Estar. A submissão de candidaturas pode ser feita até 4 de dezembro, em www.arriscac.pt.

Quais são os prémios?

As ideias de negócio submetidas a concurso devem estar enquadradas numa das seguintes categorias: “Inovação”, “Inovação Júnior” ou “Inovação Social”. As três ideias de negócio vencedoras em cada uma das três categorias vão receber, além de outros prémios em bens ou serviços, 3.500 euros para o primeiro lugar; 2.500 euros para o segundo lugar; 1.000 euros para o terceiro lugar.

O TAGUSVALLEY – Parque de Ciência e Tecnologia é um dos parceiros do ARRISCA C e tem a sua incubadora, INOV.POINT, em Abrantes. Desta forma, para além de apoiar no desenvolvimento das ideias a concurso, o TAGUSVALLEY irá avaliar as ideias de negócio ou startups que participarem no concurso e poderá atribuir até 2 prémios, no valor de 3.000 euros cada, na condição de se incubarem no edifício INOV.POINT. Juntamente com o Apoio Financeiro, estão disponíveis vários serviços de Apoio Técnico para ajudar no crescimento das ideias, nomeadamente validação da ideia; Desenvolvimento do modelo de negócio; Preparação das candidaturas; Preparação do pitch; Softlanding; Apoio à obtenção de aconselhamento jurídico; Provas de Conceito; Identificação de soluções de financiamento; Ligação a estruturas I&I; Definição de processos de marketing/comunicação; Apoio nos Registos de Propriedade Intelectual.

Quem se pode candidatar?

Podem apresentar propostas docentes, investigadores, pessoal não docente, bolseiros, alunos ou ex-alunos diplomados, de qualquer instituição de ensino superior de Portugal, e alunos do ensino secundário e técnico-profissional (nível IV CE) a nível nacional. As propostas podem ser feitas de forma individual ou em equipa até um máximo de cinco elementos, que devem ter por objetivo desenvolver uma ideia de negócio que resulte das suas atividades de investigação e desenvolvimento e/ou do seu conhecimento científico e/ou tecnológico.

O ARRISCA C, organizado pela Universidade de Coimbra (UC) e pela Universidade de Aveiro (UA), é uma das ações do Programa INOVC+: Ecossistema de Inovação Inteligente da Região Centro, cofinanciado pelo CENTRO 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. O programa tem como missão consolidar um Ecossistema de Inovação Inteligente, aberto e inclusivo, incorporando uma oferta completa de recursos, infraestruturas e dinâmicas, com apostas transversais e sectorialmente orientadas, contribuindo, assim, para a sustentabilidade e competitividade da Região Centro.

Ao longo das suas 10 edições, que decorrem desde 2008, o ARRISCA C recebeu 944 projetos a concurso, tendo atribuído 164 galardões num valor global superior a um milhão de euros em prémios pecuniários, horas de consultoria, apoio na elaboração de planos de negócios, mentoring e coaching, internacionalização, imagem e branding corporativo.

Sobre o INOVC+

O INOVC+: ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO INTELIGENTE DA REGIÃO CENTRO é um Programa Estratégico Especial de criação de novos produtos e serviços resultantes de atividades de I&D e Inovação para a Região Centro.

O ECOSSISTEMA INOVC+ é composto por 19 entidades que pretendem afirmar a Região Centro como uma referência nacional de projeção internacional na criação de novos produtos e serviços resultantes de atividades de I&D+I: Universidade de Coimbra (líder do consórcio); Universidade de Aveiro; Universidade da Beira Interior; Instituto Politécnico de Leiria; Instituto Politécnico de Coimbra; Instituto Politécnico de Tomar; Instituto Politécnico de Castelo Branco; Instituto Politécnico da Guarda; Instituto Politécnico de Viseu; Instituto Pedro Nunes; OBITEC - Associação Óbidos Ciência e Tecnologia; BIOCANT – Associação de Transferência de Tecnologia; ITECONS – Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico para a Construção, Energia, Ambiente e Sustentabilidade; SERQ - Centro de Inovação e Competências da Floresta; TAGUSVALLEY - Associação para a Promoção e Desenvolvimento do Tecnopólo do Vale do Tejo; AEMITEQ - Associação para a Inovação Tecnológica e Qualidade; AIBILI - Associação para Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem; ASSOCIAÇÃO BLC3 - Campus de Tecnologia e Inovação; Raiz - Instituto de Investigação da Floresta e Papel. O INOVC+: ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO INTELIGENTE DA REGIÃO CENTRO é um projeto com um investimento elegível total de 3,39 milhões de euros, cofinanciado a 85% pelo CENTRO 2020 - Programa Operacional Regional do Centro, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.