Pesquisar notícia
segunda,
06 dez 2021
PUB
Covid-19

Médio Tejo passou a barreira de 15 mil infetados com SARS-CoV-2

5/09/2021 às 18:13
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

 O território da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) ultrapassou neste domingo a barreira dos 15 mil infetados com o coronavírus ao ter registado mais 21 novos casos. A USPMT engloba os concelhos Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha e já teve 15 007 registos de pessoas infetadas com SARS-CoV-2 desde o primeiro caso anotado em Tomar em 16 de março do ano passado.

As 21 novas infeções comunicadas à saúde pública pelos laboratórios nas últimas 24 horas foram registadas no Entroncamento (6), Ourém (4), Tomar (6), Torres Novas (4) e Vila Nova da Barquinha (1).

Os médicos de família fizeram na sexta-feira a atualização das altas da Covid-19 com 221 pessoas a deixaram o isolamento por infeção do coronavírus. O total de pessoas dadas como recuperadas é desde a última sexta-feira 14 200 e o número de óbitos não teve alteração. Há a lamentar 392 mortes na região associadas à Covid-19.

Com esta atualização o número de casos ativos no Médio Tejo passou a ser de 596 localizados em Abrantes (58), Alcanena (67), Constância (6), Entroncamento (73), Ferreira do Zêzere (25), Mação (17), Ourém (171), Sardoal (6), Tomar (68), Torres Novas (101) e Vila Nova da Barquinha (12).

O número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados subiu nas últimas 24 horas. No total, há na região 319 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e que devem ficar em isolamento em casa. Desde que começou a pandemia que a USPMT já decretou um total de 10 475 confinamentos e deu alta do isolamento a 10 130 pessoas.

As 319 pessoas em vigilância ativa, este domingo, estão confinadas em Abrantes (29), Alcanena (40), Constância (7), Entroncamento (46), Ferreira do Zêzere (5), Mação (23), Ourém (79), Sardoal (10), Tomar (43), Torres Novas (34) e Vila Nova da Barquinha (3).

Portugal registou 1.190 novas infeções com o vírus da covid-19 e 13 mortes atribuídas à doença nas últimas 24 horas, mantendo-se praticamente invariável o número de internados, segundo os dados oficiais de hoje.

Estão internadas nos hospitais, infetadas com o coronavírus SARS-CoV-2, 665 pessoas (mais uma do que no sábado), 138 delas em unidades de cuidados intensivos (menos uma), de acordo com o boletim da Direção-geral da Saúde (DGS) que faz o ponto da situação diário da evolução da pandemia da covid-19 em Portugal.

As 1.190 novas infeções foram, na sua maioria, diagnosticadas na região Norte (460) e na região de Lisboa e vale do Tejo (367).

Os 13 óbitos atribuídos à doença ocorreram no Algarve (seis), Norte (duas), Centro (duas), Lisboa e Vale do Tejo (duas) e Alentejo (uma).

Uma destas vítimas mortais era uma mulher que tinha entre 40 e 49 anos de idade. As outras 12 tinham todas mais de 60 anos: uma tinha entre 60 e 69, uma tinha entre 70 e 79 e as restantes dez estavam na faixa etária acima dos 80 anos de idade.

Foi no grupo etário entre os 20 e os 29 anos de idade que se registaram mais novas infeções nas últimas 24 horas (mais 252).

Seguem-se os que têm entre 10 e 19 anos (mais 192), o grupo entre os 30 e os 39 (mais 163) e aqueles que estão entre os 40 e os 49 (mais 162).