Pesquisar notícia
quarta,
20 out 2021
PUB
Covid-19

Médio Tejo com 124 casos ativos de Covid-19 e 235 vigilâncias

24/09/2021 às 19:19
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo tem nesta sexta-feira, dia 24 de setembro, 124 casos ativos de Covid-19 e um total de 235 pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados.

Um dia depois do primeiro-ministro ter anunciado o levantamento de grande parte das medidas restritivas, embora continue a ser obrigatório o uso de máscara nalgumas situações, a Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo deu conta de mais três novos infetados nas últimas 24 horas em Tomar (1) e em Torres Novas (2). Neste dia a região composta por 11 concelhos tem um total acumulado de 15 267 casos desde que foi detetado o primeiro, a 16 de março do ano passado em Tomar.

O número de casos ativos nesta sexta-feira, dia 24 de setembro, é de 124 e estão localizados em Abrantes (5), Alcanena (5), Constância (1), Entroncamento (23), Ferreira do Zêzere (8), Mação (5), Ourém (17), Tomar (29) e Torres Novas (31). Sardoal e Vila Nova da Barquinha são os concelhos do Médio Tejo que não têm nesta altura qualquer pessoa infetada com SARS-CoV-2.

No que diz respeito a vigilâncias ativas, ou seja pessoas que estão confinadas por terem tido contactos de risco, há um registo de 235 em Abrantes (6), Alcanena (5), Constância (1), Entroncamento (71), Ferreira do Zêzere (10), Mação (3), Ourém (42), Tomar (63) e Torres Novas (34). Sardoal e Ferreira do Zêzere são os dois concelhos que não têm qualquer pessoa em quarentena.

Portugal registou nas últimas 24 horas nove mortes atribuídas à covid-19, 757 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma redução nos internamentos em enfermaria.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), estão hoje internadas 410 pessoas com covid-19, menos duas do que na quinta-feira, 76 das quais em unidades de cuidados intensivos, mais uma do que na véspera.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (2), na região Centro (4), no Alentejo (2) e no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas mortais, cinco tinham mais de 80 anos, três entre os 70 e os 79 anos e uma entre os 40 e os 4 anos.

Olhando para a caracterização etária dos novos casos de infeção confirmados, os adultos entre os 50 e os 59 anos foram os que registaram mais novos casos nas últimas 24 horas: o boletim aponta 145.711 infetados desde o início da pandemia, mais 116 do que na quinta-feira.

Seguem-se os adultos com idades entre os 30 e os 39 anos (mais 102 casos) e os jovens entre os 20 e os 29 anos (mais 96 casos) e as crianças com 0 e 9 anos com mais 91 casos.

As crianças e jovens entre os 10 e os 19 anos têm hoje mais 89 novos casos registados.