Pesquisar notícia
segunda,
25 out 2021
PUB
Covid-19

Covid-19: Portugal com seis mortes e 1.126 novos casos nas últimas 24 horas

23/08/2021 às 14:44
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Portugal regista hoje seis mortes atribuídas à covid-19, 1.126 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e um aumento nos internamentos em enfermaria, segundo dados oficiais.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), estão hoje internadas 733 pessoas com covid-19, mais 25 em relação a domingo, 151 das quais em cuidados intensivos, menos uma.

A área de Lisboa e Vale do Tejo, com 321 novos casos e a região Norte, com 462, têm 69,5% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (2), na região Norte (2), na região Centro (1) no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas mortais, quatro tinham mais de 80 anos, uma entre os 70 e os 79 e uma entre os 60 e os 69.

Sobre a caracterização etária dos novos casos de infeção confirmados, é nos jovens entre os 20 e os 29 anos (homens e mulheres) que se registaram mais casos, com mais 309 infetados nas últimas 24 horas.

Seguem-se as faixas etárias entre os 10 e os 19 anos (269 novos casos) e entre os 30 e os 39 anos (137 novos casos).

Os dados divulgados pela DGS mostram também que há mais 77 casos ativos, totalizando 45.542, e que 1.043 pessoas foram dadas como recuperados nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 957.359 recuperados.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram em Portugal 17.645 pessoas e foram registados 1.020.546 casos de infeção.

As autoridades de saúde têm em vigilância nas últimas 24 horas menos 1.410 pessoas, totalizando 48.945.

A região de Lisboa e Vale do Tejo, com a notificação de 321 novas infeções, contabiliza até agora 397.482 casos e 7.551 mortos.

Na região Norte foram registadas 462 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 393.095 casos de infeção e 5.484 mortes desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 108 casos, acumulando-se 135.771 infeções e 3.073 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 18 casos, totalizando 36.171 infeções e 1004 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim regista 169 novos casos, acumulando-se 38.109 infeções e 421 mortos.

A região Autónoma da Madeira registou 38 novos casos, somando 11.491 infeções e 72 mortes devido à covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje 10 novos casos, contabilizando 8.427 casos e 40 mortos desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 470.207 homens e 549.614 mulheres, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 725 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 9.267 eram homens e 8.378 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.527 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.783 com idades entre 70 e 79 anos, e 1.600 tinham entre 60 e 69 anos.

Incidência volta a descer e índice de transmissibilidade estabiliza

A taxa de incidência de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias voltou hoje a descer no continente e a nível nacional e o índice de transmissibilidade (Rt) manteve-se em 0,98.

O boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge divulgado hoje revela que a taxa de incidência (média de novos casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias) desceu de 312,3 para 310,4 a nível nacional.

Em Portugal continental, a taxa de incidência desceu de 316,6 no anterior relatório para 314,6.

O Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa portadora do vírus - mantém-se em 0,98 em todo o território de Portugal.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

O nível de risco na matriz de monitorização da pandemia de covid-19 fixa-se em 480 casos por 100 mil habitantes a 14 dias, em vez dos anteriores 240.

De acordo com o portal do Governo para a covid-19, “a monitorização da evolução da pandemia continuará a ser feita com base nos indicadores de incidência e Rt, agora adaptados de acordo com a evolução da vacinação (nível de alerta passa para 240, nível de risco passa para 480)”.

 

A covid-19 provocou pelo menos 4.430.846 mortes em todo o mundo, entre mais de 211,7 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.645 pessoas e foram contabilizados 1.020.546 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

C/ Lusa e DGS