Pesquisar notícia
domingo,
28 nov 2021
PUB
Covid-19

Covid-19: Médio Tejo com 13 infetados, mais 259 recuperados e com 317 casos ativos

27/07/2021 às 18:16
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo tem um registo nesta terça-feira de julho de mais 13 novos infetados com o coronavírus. De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) estes 13 novos casos positivos estão distribuídos por Abrantes (4), Entroncamento (3), Ferreira do Zêzere (2), Ourém (2) e Tomar (2). A região tem agora um total acumulado de 13 792 infetados desde o início da pandemia.

O número de pessoas recuperadas foi atualizado nesta terça-feira. Há mais 259 recuperados, sendo agora 13 096 o total de pessoas que passaram pela infeção e voltaram à sua vida normal. Mantendo-se os óbitos em 379, pelo que o número de casos ativos é nesta terça-feira de 317.

Os casos dados como recuperados pelos médicos de família estão localizados em Abrantes (26), Alcanena (17), Constância (22), Entroncamento (20), Ferreira do Zêzere (5), Mação (5), Ourém (71), Sardoal (2), Tomar (44), Torres Novas (28) e Vila Nova da Barquinha (12).

Quanto aos casos ativos, são 379, e estão distribuídos da seguinte forma: Abrantes (37), Alcanena (13), Constância (35), Entroncamento (42), Ferreira do Zêzere (10), Mação (1), Ourém (63), Sardoal (1), Tomar (56), Torres Novas (47) e Vila Nova da Barquinha (2).

A USPMT indica que estes 563 casos ativos estão localizados em Abrantes (59), Alcanena (30), Constância (57), Entroncamento (51), Ferreira do Zêzere (13), Mação (13), Ourém (130), Sardoal (3), Tomar (98), Torres Novas (85) e Vila Nova da Barquinha (14).

No que diz respeito ao número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados, há a registar menos 15 pessoas em isolamento em relação ao dia de ontem. No total, há na região 482 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e que devem ficar em isolamento em casa. Desde que começou a pandemia que a USPMT já decretou um total de 9 584 confinamentos e deu alta do isolamento a 9 093 pessoas. 

As 482 pessoas em vigilância ativa, esta terça-feira, estão confinadas em Abrantes (78), Alcanena (20), Constância (7), Entroncamento (43), Ferreira do Zêzere (8), Mação (6), Ourém (178), Sardoal (11), Tomar (42), Torres Novas (83) e Vila Nova da Barquinha (6).

Portugal registou, nas últimas 24 horas, um novo aumento no número de pessoas internadas com covid-19, 2.316 novas infeções e seis mortes, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim da DGS, hoje estão internadas 928 pessoas, mais nove do que na segunda-feira, e 200 estão em unidades de cuidados intensivos, onde foram internadas mais duas pessoas nas últimas 24 horas, estando as hospitalizações com números semelhantes aos de meados de março.

Desde 17 de março que os doentes nos cuidados intensivos não atingiam o patamar dos 200, estando na altura internadas nestas unidades 205 pessoas.

A maioria das novas infeções por SARS-CoV-2 regista-se hoje na região do Norte (920), enquanto em Lisboa e Vale do Tejo há mais 835 pessoas contagiadas, que concentram quase 76% dos casos registados nas últimas 24 horas.

As seis mortes das últimas 24 horas registaram-se nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo (quatro), Norte (uma) e Centro (uma).

De acordo com a autoridade de saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas uma nova diminuição dos casos ativos, menos 2.741, totalizando agora 51.255, e mais 5.051 pessoas recuperadas, o que aumenta para 888.423 o número de recuperados desde o início da pandemia.