Pesquisar notícia
quinta,
13 jun 2024
PUB
Abrantes

Unanimidade na proposta do ALTERNATIVAcom que pede compensação pela construção do Aeroporto em Alcochete

29/05/2024 às 14:35
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O executivo Municipal de Abrantes aprovou, por unanimidade, uma proposta de deliberação apresentada pelo vereador Vasco Damas que reivindica uma série de investimentos da região depois de se saber a localização do aeroporto..

O vereador eleito pelo movimento ALTERNATIVAcom começou por fazer o enquadramento da mesma que surge depois da decisão governamental de localizar o novo Aeroporto Luís de Camões na zona do campo de tiro de Alcochete. Segundo o texto apresentado, esta decisão, "clarifica as linhas de desenvolvimento nacional e regional, e torna prementes os investimentos associados a essa decisão, alguns deles previstos em instrumentos de planeamento estratégico já aprovados há vários anos."

Segundo o ALTERNATIVAcom, gorada a possibilidade de construção do novo aeroporto em Santarém, há necessidade de investimentos como compensação a esta região do Médio Tejo. Desde logo, é apontada a necessidade de conclusão dos troços da "A13 e do IC9 que ligarão, respetivamente, a A23 (em V. N. Barquinha) à A13 (em Almeirim) e ao IC13 (em Ponte de Sor), passando este por Abrantes, onde se prevê construir uma nova ponte sobre o Rio Tejo, e a conclusão do IC13 que ligará Portalegre à A13, passando por Ponte de Sor."

Na mesma proposta o movimento frisa ainda a necessidade de ser tido em conta o olhar "para outras redes e infraestruturas regionais, incluindo a ferroviária, a aeroportuária e a fluvial que servem os municípios do centro interior de Portugal – organizados em Comunidades Intermunicipais e correspondentes NUTS III – e o seu desígnio de coesão territorial."

Depois frisa que o Município de Abrantes, diretamente e através da CIMT (Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo), já se pronunciou em múltiplas ocasiões sobre "a urgência destes investimentos, considerados essenciais para a afirmação e recuperação socioeconómica dos territórios do centro interior de Portugal, designadamente para a competitividade da sua base económico-empresarial e para a mobilidade e qualidade de vida da sua população."

Depois do enquadramento o movimento liderado por Vasco Damas apresenta a deliberação que visa "apelar ao Governo de Portugal que viabilize e acelere a concretização destes investimentos estratégicos, dotados de valor próprio e independente, iniciando-os antes mesmo da construção do novo Aeroporto Luís de Camões."

Os eleitos do PS votaram favoravelmente, tendo o vice-presidente da Câmara, João Gomes, explicado o voto mesmo antes de a proposta ser lida. Trata-se de uma posição que vai se encontro à que o presidente da Câmara de Abrantes e da Comunidade Intermunicipal têm defendido. “O executivo do partido Socialista revê-se totalmente nesta proposta, até porque tem defendido sempre a conclusão do IC9 e IC13 que são fundamentais para o nosso território”, explicou João Gomes destacando a ligação, urgente, entre a A23 e o Alentejo.

São obras, de acordo com o vice-presidente do Município de Abrantes, vitais para o desenvolvimento da região e destacou que a CIMT também já emitiu uma posição sobre as acessibilidades na região. Acrescenta-se ainda que a comunidade quer voltar a colocar em cima da mesa a possibilidade de a Base Aérea de Tancos poder ter uma utilização mista, com a possibilidade de receber voos comerciais civis.
O vereador eleito pelo PSD, Vítor Moura, também votou favoravelmente esta proposta.

O vice-presidente do Município de Abrantes indicou, depois da votação, que vão dar conhecimento da mesma às diversas entidades do Estado e do governo.