Pesquisar notícia
quinta,
20 jun 2024
PUB
Vila de Rei

Casa Xavier regressa à posse do Município

10/03/2023 às 15:40
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Em 2019, o Município de Vila de Rei doou a Casa Xavier, na freguesia da Fundada, à Fundação Fundação João e Fernanda Garcia. Na altura, a doação do imóvel tinha como objetivo criar uma nova valência social, nomeadamente para acolhimento de migrantes. Na última reunião do Executivo, o presidente Ricardo Aires deu conta de que o imóvel voltaria novamente à posse do Município, por incapacidade da Fundação de levar o projeto avante.

Aos jornalistas, Ricardo Aires explicou que a Fundação João e Fernanda Garcia informou o Município que iria reverter a doação, “visto o contrato que tínhamos com eles implicava a efetivação do projeto” de uma nova valência social. A Fundação justificou a reversão pois “neste momento, vão abrir a Casa de Abrigo e o projeto anterior é um pouco avultado. A situação financeira da Fundação não permite, para já, avançar” com os dois projetos ao mesmo tempo.

Assim sendo, referiu Ricardo Aires, “a Casa Xavier volta para a Câmara, tal como estava definido no protocolo” assinado em 2019.

As Casas de Abrigo são espaços seguros de acolhimento temporário a mulheres e crianças sobreviventes de violência doméstica. Segundo o autarca, trata-se de uma nova valência que “ao que sei, só existe uma no distrito de Castelo Branco e creio que duas no Médio Tejo (....) sendo, portanto, de grande utilidade para a região”.

Relativamente à Casa Xavier, “vamos verificar que tipo de obras a Fundação João e Fernanda Garcia fez no local, pois foram feitas algumas obras como pequenas reparações, e vamos ter que analisar. Depois de falarmos entre todos, em breve irá haver branco”.

A Casa Xavier, propriedade do Município, vai então continuar fechada, para já, até porque, neste momento, o objetivo de a vir a transformar para efeitos turísticos está afastado devido à impossibilidade de os municípios poderem efetuar candidaturas para esse fim. Contudo, a Câmara Municipal de Vila de Rei tem um projeto turístico para a Casa Xavier “já com alguns anitos”. Agora, o Município vai tentar perceber se existem privados que possam estar interessados na exploração do imóvel porque não é intenção da Autarquia deixar a Casa fechada, “até porque o edifício tem história e vamos tentar tudo para que este património não seja devoluto”.

No PRR há cabimento em estratégias como alojamento temporário ou arrendamento acessível, mas “vamos ter que analisar e ver o que é melhor para o Município e para o concelho”.

Estão então em análise várias hipóteses para aproveitamento do imóvel situado na localidade de Silveira, freguesia de Fundada, a habitação onde viveu D. Mateus de Oliveira Xavier, Arcebispo Primaz de Goa, Bispo de Cochim e Patriarca das Índias Orientais.

A casa da família Xavier é uma casa rural de uma família de proprietários também rurais, que iniciou construção em meados dos anos setecentos. Apresenta em maior escala traços de arquitetura erudita de finais do século XIX e inícios do século XX, indícios estes mais evidentes na proporção e desenhos dos vãos, nos pés direitos, no desenvolvimento da compartimentação com corredor central, nos tetos estucados e seus desenhos, nas paredes acabadas e pintadas a imitar cantaria; nas carpintarias pintadas a imitar madeiras nobres, nas bandeiras da porta com vidro colorido, nos desenhos das serralharias, entre outros elementos.

Foto: Município de Vila de Rei