Pesquisar notícia
terça,
23 jul 2024
PUB
Abrantes

Auditório da Escola Dr. Manuel Fernandes recebeu concerto que celebra a obra de Saramago

10/02/2023 às 12:54
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O auditório da Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes, em Abrantes, recebeu esta manhã um concerto que celebra José Saramago. O Grupo de Música Contemporânea “Síntese”, levou a efeito um concerto dirigido aos alunos do secundário, sendo que também uma turma do 12.º ano da Escola Octávio Duarte Ferreira, de Tramagal, marcou presença.

Isabel Alves, diretora do Agrupamento de Escolas N.º 2 de Abrantes, explicou que “o professor Alfeu é professor aqui na escola e, muitas vezes, temos que ajustar os horários do professor com permutas para que o professor possa ir aos concertos”. E se assim é, a diretora lançou-lhe o desafio: “e que tal trazer o Grupo Síntese aqui à escola, já que estamos a comemorar o centenário de José Saramago?”

Alfeu Carneiro falou com a diretora, Helena Neves, “que aceitou prontamente o convite e nós agarrámos esta oportunidade única para os nossos alunos poderem experenciar esta maravilha”.

A razão do convite ao grupo Síntese para este concerto também pelo facto de ser “uma forma diferente de perceber e entender Saramago. Achamos que isso também é muito importante, ter outra perspetiva de uma personalidade como José Saramago”.

Helena Neves, voz soprano e diretora executiva do Ensemble Síntese, conversou com a Antena Livre e revelou um pouco do espetáculo que iria subir ao palco em poucos minutos e a ideia de trazer Saramago de uma forma diferente.

“Este concerto tem por base peças que foram estreadas em outubro de 2022, peças que foram encomendadas a compositores portugueses e que têm por base as obras de Saramago, para celebrar o centenário. Nós pegámos nesse repertório e também num quarteto de Lopes Graça, compositor de quem Saramago gostava imenso, e trouxemos essas quatro obras a viajar pelo país, em vários concertos, divulgando não só o nome de José Saramago mas também a música que foi escrita em sua homenagem e que nós tivemos a felicidade de estrear”, disse a diretora executiva.

Helena Neves explicou que este concerto já passou por algumas escolas, “até porque os jovens, se calhar mais do que ninguém, devem ter acesso à literatura de Saramago”. Dirigido aos alunos do ensino secundário, “poderia ser dirigido a todos”, mas, como adiantou a cantora lírica, os jovens do secundário serão um público “mais predisposto a querer conhecer a literatura de Saramago”.

O Ensemble Síntese interpretou duas peças baseadas nos «Poemas Possíveis» do escritor, peças “muito contrastantes”. Uma delas, “muito emocional, muito íntima, e a outra já demonstra um pouco a atitude de Saramago perante a inevitabilidade do mundo, da morte. Uma terceira peça baseada no «Ensaio Sobre a Cegueira» é “uma peça densa, dramática, mas que vai levar os alunos a sentirem-se transportados para aquele mundo das pessoas cegas com a cegueira branca”.

Um concerto levado a cabo pelo grupo Ensemble Síntese, composto por Helena Neves na voz soprano, Carlos Canhoto (saxofone), Carisa Marcelino (acordeão), Gustavo Delgado (violino I), Alfeu Carneiro (violino II), João Pedro Delgado (viola) e Rogério Peixinho (violoncelo).

O grupo teve direção musical do maestro Yan Mikirtumov.

 

Galeria de Imagens