Pesquisar notícia
sexta,
03 dez 2021
PUB
Concelhos

Abrantes: Primeira reunião do Executivo definiu pelouros e trouxe primeiro voto contra

19/10/2021 às 17:02
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O novo Executivo da Câmara Municipal de Abrantes reuniu esta terça-feira, 19 de outubro, pela primeira vez. Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes felicitou todos os eleitos, “especialmente a quem está pela primeira vez nestes processos”, como foram os casos de Raquel Olhicas (PS), Vítor Moura (PSD) e Vasco Damas (AlternativaCom).

“A partir de hoje temos um novo ciclo autárquico de quatro anos em que pretendemos cumprir de forma respeitosa e de acordo com o que foi a vontade dos abrantinos”, disse o presidente que também lembrou “a responsabilidade de conseguirmos fazer mais por Abrantes”.

Manuel Jorge Valamatos designou como vice-presidente o vereador João Gomes e foi aprovada a proposta de fixar em quatro o número de vereadores da Câmara Municipal de Abrantes que exercerão funções em regime de tempo inteiro.

A distribuição de funções, entre o presidente da Câmara e vereadores foi anunciada de seguida.

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal, fica com os pelouros daCoordenação Geral, Gestão Financeira, Gestão das Pessoas, Desenvolvimento Económico, Proteção Civil, Comunicação, Auditoria Interna e presidente do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Abrantes (SMA).

João Gomes será o responsável pelas Obras Públicas, Urbanismo, Regeneração Urbana, Logística, Contencioso e Notariado.

A vereadora Celeste Simão fica com os pelouros da Educação, Juventude e Ambiente enquanto que o vereador Luís Dias é o responsável pelo Desporto e Associativismo, Cultura, Museus, Património e Turismo, Bibliotecas e Arquivos e Sistemas de Informação.

A vereadora Raquel Olhicas fica à frente das áreas da Ação Social, Saúde, Gestão Administrativa e Jurídica.

Quanto aos Serviços Municipalizados de Abrantes, são geridos por um Conselho de Administração, constituído por um presidente e dois vogais, nomeados de entre os membros da Câmara Municipal. Assim, foi proposto que o Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados da Câmara Municipal de Abrantes fosse constituído por Manuel Jorge Valamatos, como presidente, e João Gomes e Celeste Simão como vogais.

A novidade é que os SMA terão, a partir de agora um diretor delegado, cargo que foi atribuído a Ricardo Aparício, que antes chefiava a Divisão do Desenvolvimento Económico.

Neste ponto, Vasco Damas anunciou que iria votar contra a composição do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados “em coerência com o que fomos dizendo na campanha eleitoral”. Explicou que, na opinião do movimento AlternativaCom, “se estivéssemos na presidência da Câmara, dentro de uma lógica de transparência, não achamos correto que a figura do presidente da Câmara e do presidente dos SMA seja a mesma pessoa”.

Manuel Jorge Valamatos não gostou da utilização da palavra “transparência” e questionou o vereador sobre o significado da sua intervenção. Vasco Damas respondeu que “não basta sermos sérios, também temos que parecer”.

Manuel Jorge Valamatos esclareceu que “o presidente do Conselho de Administração sempre foi o presidente da Câmara” e Vasco Damas contrapôs dizendo que “nem tudo o que está na lei deve fazer lei”.

A discussão prolongou-se, entre explicações e argumentos mas o voto contra do vereador do AlternativaCom manteve-se.