Pesquisar notícia
sexta,
19 abr 2024
PUB
Meteo

Temperaturas descem e chuva regressa a partir de sexta-feira

11/10/2023 às 15:22
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Previsão Windy sexta-feira 13h

As temperaturas vão descer a partir de sexta-feira e até domingo na ordem dos 10 a 12 graus Celsius em algumas zonas do continente, esperando-se também o regresso da chuva, disse à Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

“Vamos ter uma mudança gradual da situação meteorológica a partir de sexta-feira. Até lá, portanto hoje e amanhã [quinta-feira], vamos continuar com uma situação idêntica aos dias anteriores, ou seja, ainda o tempo quente, seco, sem precipitação e o vento a soprar em geral fraco”, adiantou a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Ângela Lourenço, a partir de sexta-feira está prevista a aproximação e passagem de uma superfície frontal fria que vai trazer descida das temperaturas e chuva.

”A ocorrência de precipitação começará na sexta-feira no Minho a partir da manhã e vai gradualmente estendendo-se ao restante território, embora seja pouco provável no Baixo Alentejo e no Algarve. Também no dia 13 [sexta-feira] espera-se uma descida da temperatura máxima, que é mais significativa nas regiões Norte e Centro e no Alto Alentejo”, indicou.

A descida da temperatura máxima na sexta-feira vai variar entre os 02 a 05 graus na região Sul e nas zonas mais interiores do Norte e Centro pode ir até 07/08 graus.

“Vamos para valores mais típicos de outono, ainda assim esperam-se temperaturas de 28 e 29 graus em muitos locais da região centro. As temperaturas continuam a descer no sábado e no domingo. No total dos três dias [sexta-feira, sábado e domingo] deverá ser uma descida que pode ir até 10/12 graus em alguns locais”, destacou.

Segundo a meteorologista do IPMA, a precipitação vai começar na sexta-feira e vai manter-se, com maior ou menor intensidade, pelo menos até terça-feira.

“No sábado e no domingo a precipitação vai afetar todo o território, podendo ser mais significativa nas regiões do Norte e Centro”, disse.

Lusa

Palavras chave:
Meteo IPMA Chuva