Pesquisar notícia
quarta,
29 mai 2024
PUB
Proteção Civil

Portugal contribui com dois aviões para frota de combate a incêndios da UE

14/05/2024 às 14:44
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Portugal contribui com dois aviões ligeiros para a frota especial da União Europeia (UE) de combate a fogos florestais, no âmbito do plano de prevenção que vai ainda posicionar 556 bombeiros de 12 países em locais estratégicos.

Segundo um comunicado hoje divulgado pela Comissão Europeia, serão colocados em locais estratégicos da UE como Portugal, Espanha, França e Grécia, um contingente de 556 bombeiros de 12 países que estarão prontos a ajudar no combate aos incêndios florestais.

Em segundo lugar, a UE constituiu uma frota especial, para este verão, composta por 28 aviões de combate a incêndios e quatro helicópteros em dez Estados-membros, incluindo Portugal, com dois aviões ligeiros.

A Comissão Europeia destinou também um envelope financeiro de 600 milhões de euros de fundos da UE para facilitar a aquisição de mais 12 aeronaves, que serão repartidas entre seis países do bloco.

O ano de 2023 teve uma das piores épocas de incêndios florestais jamais registadas na UE, tendo sido reforçada a frota aérea de combate estes fogos.

O Mecanismo de Proteção Civil da UE foi ativado 10 vezes no ano passado, chamando o bloco a colaborar quer no combate a incêndios em Estados-membros e participantes (Islândia, Noruega, Sérvia, Macedónia, Montenegro, Turquia, Bósnia-Herzegovina, Albânia, Moldava e Ucrânia), quer em países terceiros como Chile, Bolívia e Canadá.

Lusa