Pesquisar notícia
segunda,
26 set 2022
PUB
Sociedade

Motociclistas peregrinaram a Fátima e receberam saudação do Papa

18/09/2022 às 18:31
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
DR (AMEC-MOTO)

O Papa Francisco saudou hoje “afetuosamente”, os milhares de motociclistas que, no Santuário de Fátima, participaram na tradicional “Bênção dos Capacetes”, realizada durante a missa no recinto de oração.

Numa mensagem enviada através do substituto para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado do Vaticano, Edgar Peña Parra, o Papa saudou “afetuosamente os participantes, encorajando-os, na fidelidade à sua vocação de batizados, a exercerem com generosidade a sua missão de garantir um ambiente seguro, para que cada cidadão possa viver em paz e serenidade”.

No texto, lido no final da missa presidida pelo bispo das Forças Armadas e das Forças de Segurança, Rui Valério, era sublinhado que “com estes votos que se fazem preces, o Santo Padre concede-lhes, extensiva aos seus familiares, a bênção apostólica, pedindo que, por favor, não deixem de rezar por ele”.

Foram muitos milhares os peregrinos que hoje participaram na missa da VII Bênção dos Capacetes e Motociclistas, com o bispo Rui Valério a afirmar que “o visor do capacete torna-se abertura para o futuro”, lembrando que “nenhum peregrino, tal como nenhum motociclista, viaja sozinho, mas traz consigo todas e todos os camaradas que fazem da estrada um modo de vida”.

Na ocasião, Rui Valério, citado pela agência Ecclesia, referiu-se ao simbolismo do capacete como sinal da “presença de Deus em todas as situações da vida”.

“O capacete remete também para os valores éticos, que, ao serem aplicados, garantem a afirmação inalienável da dignidade de cada homem e de cada mulher, como um capacete que protege e defende a sociedade da negação da condição única de cada pessoa”, afirmou, exortando os peregrinos hoje presentes em Fátima a não recusarem nunca a proteção a ninguém.

“Tanto nas estradas, como na vida, procurai ser para os outros o que desejais que os outros sejam para vós mesmos: nunca permitais que alguém seja ferido na sua dignidade, nunca consintais que, pela sua vulnerabilidade, fraqueza ou pobreza, haja quem seja diminuído. Sede protetores e guardiães da integridade de toda a gente”, apelou Rui Valério.

Esta peregrinação teve a sua primeira edição em 2014, quando “um grupo de amigos se lembrou de fazer a bênção dos capacetes. O Santuário autorizou e a missa foi num parque de estacionamento. No início, pensámos que seriam 40 ou 50 motos a irem até Fátima, mas foram perto de mil”, recordou Carlos Pereira, um dos organizadores da iniciativa este ano.

“A partir daí, foi sempre a subir”, acrescentou, admitindo que não é apenas a fé que leva muitos motociclistas ao santuário da Cova da Iria. “Muitos vão pelo convívio, pela amizade e, enquanto uns estão a assistir às cerimónias, outros estão à volta, à espera”, disse Carlos Pereira à agência Lusa, sublinhando que esta iniciativa tem sempre um cariz solidário.

“Em 2019, através de uma percentagem da venda de `merchadising´ ligado à iniciativa, apoiámos o Centro de Medicina de Reabilitação do Alcoitão e os Bombeiros de Águas de Moura. Este ano, as verbas angariadas são para apoiar a recuperação [através de sessões de fisioterapia] do piloto de motocross Marco Silva, que em 2021, enquanto treinava, teve um acidente e ficou paraplégico”, acrescentou.

 

Palavras chave:
Papa Francisco