Pesquisar notícia
quarta,
27 out 2021
PUB
Sociedade

Incêndios: Cinco concelhos do distrito de Faro em risco máximo

8/07/2021 às 07:43
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Os concelhos de Portimão, Silves, Loulé, São Brás de Alportel e Tavira, no distrito de Faro, apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também mais de 30 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Viseu e Guarda em risco muito elevado de incêndio.

Abrantes, Constância, Mação, Sardoal, Barquinha, Tomar e Ferreira do Zêzere, em Santarém, Vila de Rei e Sertã, do distrito de Castelo Branco, e Gavião e Nisa, do distrito de Portalegre, fazem parte dos concelhos com risco muito elevado para a ocorrência de incêndio. 

Mais de 90 concelhos dos distritos de Faro, Évora, Beja, Portalegre, Lisboa, Santarém, Leiria, Castelo Branco, Guarda, Coimbra, Viseu, Vila Real e Bragança estão hoje em risco elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Devido à previsão de tempo quente para os próximos dias, o risco de incêndio vai intensificar-se em algumas regiões do continente pelo menos até segunda-feira.

Segundo o instituto, a partir de hoje prevê-se a “intensificação de um anticiclone a oeste do território do continente, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, e a formação de um vale desde o norte de África até ao interior da Península Ibérica”.

Em comunicado, o IPMA explica que esta situação origina o transporte de uma massa de ar tropical seco, proveniente do interior da Península Ibérica.

Por isso, a partir de hoje e até sábado prevê-se uma subida gradual dos valores da temperatura, em especial da máxima.

Os valores da temperatura máxima, que têm estado sucessivamente abaixo da média para a época do ano (exceto no Algarve), vão subir gradualmente para valores acima da média na generalidade do território.

No sábado, os valores da temperatura máxima deverão variar aproximadamente entre 33 e 38 graus Celsius, com exceção da faixa costeira ocidental onde deverão ser inferiores e variar entre os 24 e 30 graus, e em alguns locais do interior do Alentejo e vale do Tejo, onde se poderão atingir valores da ordem de 40 graus.

De acordo com o IPMA, este episódio será temporário, uma vez que no domingo e na segunda-feira com a entrada de ar marítimo vai ocorrer uma descida gradual da temperatura máxima, a estender-se do litoral para o interior.

Lusa