Pesquisar notícia
sexta,
19 abr 2024
PUB
Abrantes

Idoso de Chainça continua desaparecido e PSP reduz operação de buscas

13/07/2023 às 10:35
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Foram infrutíferas as buscas para encontrar José Mingote Lopes, 87 anos, que está desaparecido desde a noite de domingo. O homem sofre de Alzheimer e não conheceria bem a zona onde desapareceu.

Entre segunda e quarta-feira, a PSP coordenou as buscas pelo idoso com o empenhamento de operacionais da PSP, Bombeiros e Proteção Civil de Abrantes para além de equipas cinotécnicas e de drones da Unidade Especial de Polícia.

Esta manhã, a comissária da PSP de Abrantes, Ana Menino, confirmou a redução de meios no terreno, embora continuem os giros da polícia e outras forças na zona de Chainça. De acordo com a comandante, as buscas não obtiveram quaisquer indícios do paradeiro do idoso até ao momento.

José Mingote Lopes desapareceu por volta das 18 horas de domingo, na zona de Chainça, próximo do café Arcada. De acordo com informação dos familiares, o idoso vestia calças cinza esverdeado, pullover cinzento e camisa de xadrez azul e branco e boina cinzenta. Ainda segundo informação dos familiares, o idoso “poderá ter sido avistado no domingo, por volta das 22 horas, no cruzamento junto à Casa do Benfica”.

Se tem alguma informação que possa ajudar, deverá ser dada à PSP de Abrantes, através do número 241 077 290.

Imagem de arquivo

Já em 2021 um outro idoso desapareceu na zona de Chainça e nunca foi encontrado. José António da Conceição Maria, mais conhecido por José Louceiro, desapareceu no dia 9 de março, também de Chainça. O homem que também sofria de Alzheimer, não foi encontrado.

Na altura, a polícia encetou os esforços e acionou um dispositivo para fazer buscas no terreno, que envolveu igualmente operacionais dos Bombeiros e da Proteção Civil de Abrantes.

Também estas buscas não tiveram desfecho positivo e o idoso não foi encontrado.