Pesquisar notícia
terça,
18 jun 2024
PUB
Operação Páscoa

GNR regista num dia mais de 1.150 infrações na estrada e detém 113 pessoas em dois

8/04/2023 às 11:06
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A GNR registou, num dia, 1.154 contraordenações rodoviárias e deteve, entre quinta e sexta-feira, 113 pessoas por conduzirem alcoolizadas ou sem carta, no âmbito da Operação “Pascoa 2023”, que arrancou na segunda-feira.

Em comunicado, a GNR faz um balanço de dois dias de operação, apontando registou 2.623 contraordenações rodoviárias, 1.655 das quais por excesso de velocidade, isto depois de na sexta-feira ter dado conta de que tinham sido 1.469 as contraordenações registadas na quinta-feira.

Em dois dias foram fiscalizados 12.036 condutores, sendo que 100 conduziam com excesso de álcool.

Destes, 72 foram detidos por conduzirem com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l.

Foram também detidas 41 pessoas por conduzirem sem habilitação legal.

No que diz respeito a acidentes com vítimas mortais, na quinta-feira, em Vila Nova de Gaia (distrito do Porto), uma colisão resultou na morte de um homem de 37 anos.

No mesmo dia, em Portel (distrito de Évora), morreu um homem de 71 anos também após uma colisão.

Já na sexta-feira, em Lousada (distrito do Porto), morreram três pessoas, dois homens de 62 e 42 anos e uma mulher de 52, na sequência de um despiste.

Assim, em dois dias, registaram-se cinco mortes na estrada e 14 feridos graves.

Das mais de 2.600 contraordenações rodoviárias detetadas, destacaram-se 234 por falta de inspeção periódica obrigatória, 78 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 91 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 153 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 80 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

A GNR aproveita para apelar “a uma condução atenta, cautelosa e defensiva, para que o período festivo seja passado em segurança” e refere que “terá especial preocupação com os comportamentos de risco dos condutores, sobretudo os que ponham em causa a sua segurança e a de terceiros”.

A Operação “Páscoa 2023” da GNR vai estender-se até dia 11 de abril.

Lusa