Pesquisar notícia
quinta,
18 ago 2022
PUB
Sociedade

Cerca de 120 concelhos do interior Norte e Centro em risco máximo de incêndio

31/07/2022 às 12:59
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Cerca de 120 concelhos localizados sobretudo no interior Norte e Centro do país apresentam hoje perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A maioria dos concelhos do Norte e do Centro estão em risco máximo de incêndio, o Algarve está tendencialmente em risco muito elevado e quase todo o Alentejo em risco elevado de incêndio, segundo o IPMA.

Em risco moderado de incêndio estão apenas 21 municípios do continente, localizados numa faixa amarela junto ao litoral da costa ocidental, entre Oliveira do Bairro (Aveiro) e Póvoa de Varzim (Porto) e na região Oeste, além dos municípios de Setúbal Sines, Albufeira, Faro e Olhão.

Segundo o IPMA, apenas o concelho de Esposende, em Braga, está hoje sem risco de incêndio.

O perigo de incêndio rural vai manter-se em risco máximo de incêndio no interior Norte e Centro do continente pelo menos até quinta-feira, prevê o IPMA.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente continuação de tempo quente, com céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade na faixa costeira ocidental e, durante a tarde, no interior Norte e Centro, e uma pequena subida de temperatura.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 16 graus Celsius (em Setúbal) e os 26 (em Portalegre) e as máximas entre os 29 (em Sagres) e os 40 (em Santarém e em Braga).

Lusa