Pesquisar notícia
quinta,
30 mai 2024
PUB
Seca

Bruxelas cria dois instrumentos para reforçar preparação e combate na UE

11/10/2023 às 15:45
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Comissão Europeia divulgou hoje dois novos instrumentos de gestão dos riscos para reforçar a preparação da União Europeia (UE) para combater as secas e a escassez de água.

Os dois instrumentos – uma base de dados europeia dos impactos das secas e o Atlas Europeu dos Riscos de Seca – integram a estratégia para impulsionar as ações europeias no domínio da água e serão incluídos no Observatório Europeu da Seca, ajudando as autoridades europeias, nacionais e locais a antecipar e a fazer face aos riscos das secas e da escassez de água à escala europeia, nacional e regional.

Segundo um comunicado, dado que as alterações climáticas afetam a frequência e a intensidade da chuva, a escassez de água pode aumentar significativamente em diferentes regiões da Europa.

Por outro lado, devido ao aumento dos riscos de seca, a produção de determinadas culturas pode diminuir significativamente.

As previsões mostram igualmente que o abastecimento público de água, incluindo o abastecimento de água potável, poderá estar comprometido em muitas zonas da Europa, bem como a produção de energia.

Em Portugal, os dados mais recentes do Instituto Português do Mar e da Atmosfera mostravam que, no final de agosto, houve “um aumento da intensidade da seca meteorológica em quase todo o território do continente”, com as regiões Centro e interior Norte em seca moderada, as de Lisboa e vale do Tejo e alto Alentejo em seca severa e a região Sul, especialmente os distritos de Setúbal, Évora, Beja e Faro em seca extrema (27,1% do continente).

Lusa

Palavras chave:
Seca Bruxelas