Pesquisar notícia
segunda,
18 out 2021
PUB
Sociedade

Abrantes: Casal que perdeu a sua habitação já tem alojamento garantido

6/12/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O casal, que ontem ao final do dia, perdeu a sua habitação consumida pelas chamas, já tem alojamento garantido pelos serviços socais da Câmara Municipal de Abrantes.

A confirmação foi dada esta manhã à Antena Livre por Celeste Simão, vereadora com o pelouro da ação social, que explicou que a habitação encontra-se na Encosta da Barata e trata-se de uma casa de habitação social pertença do Município.

“Ainda estavam os bombeiros a terminar de apagar o incêndio, acionámos logo os parceiros da rede social que começaram a fazer a intervenção em relação a tudo o que era necessário para o casal que tinha acabado de perder tudo. Uma dos parceiros da rede social, a Santa Casa da Misericórdia, acolheu o casal e garantiu-lhes as refeições”, referiu a vereadora.

“Hoje, já estamos a desenvolver os procedimentos necessários para que este casal vá ocupar uma casa de habitação social, que é pertença da Câmara e que fica na Encosta da Barata e que tinha ficado vazia”, avançou a responsável.

Segundo Celeste Simão “a casa precisava de algumas obras, mas a Câmara já procedeu à realização dessas mesmas obras, necessitando somente de uma limpeza, que já foi realizada esta manhã, para que logo que se consiga reunir tudo aquilo que é necessário para o dia-a-dia do casal eles possam transitar para esta casa de habitação social”.

“Penso que depois de amanhã, o casal já poderá lá estar, sendo que tenho os técnicos da câmara praticamente todos na rua articulados com a RLIS (Rede Local de intervenção Social) para tratar desta situação, de modo a sermos rápidos nesta transição”, salientou.

Questionada sobre a causa que originou o incêndio, Celeste Simão referiu que no local ontem foi-lhe dito pela proprietária da casa “que o lume tinha ficado aceso. Ela não especificou mas ao que percebi saíram e deixaram o lume aceso. Deu-me a sensação que o casal deve ter estado algum tempo fora de casa o que permitiu que esta situação tivesse acontecido”.

Na ocorrência estiveram nove bombeiros, apoiados por três veículos, a PSP, uma ambulância do CHMT, o presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, Bruno Tomás e a vereadora com o pelouro da ação social na Câmara Municipal.

Notícia relacionada:

http://www.antenalivre.pt/noticias/abrantes-habitacao-consumida-pelas-chamas-provoca-dois-desalojados/