Pesquisar notícia
terça,
18 jun 2024
PUB
Gripe

Ordem dos Médicos sugere uso de máscara para evitar contágio da gripe

29/12/2023 às 12:34
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Ordem dos Médicos (OM) aconselhou hoje o uso de máscara em várias situações, incluindo nos transportes coletivos e nas unidades de saúde, como medida para minimizar o impacto das infeções respiratórias.

Em comunicado, a OM refere que "atendendo à atual situação de elevada circulação de vírus respiratórios, nomeadamente do vírus influenza (gripe), e ao período festivo da Passagem de Ano que se aproxima, a Ordem dos Médicos, através do bastonário e da Comissão de Acompanhamento da Gripe/Vacinação, recomenda fortemente o uso da máscara nas unidades de saúde e nas estruturas residenciais ou de acolhimento para populações vulneráveis, idosas ou com deficiência".

Aconselha ainda "o uso da máscara nas farmácias comunitárias, em ambientes fechados e em aglomerados (exemplo, transportes coletivos) e no contacto com pessoas mais vulneráveis", bem como "o uso da máscara para as pessoas mais vulneráveis (por exemplo, com doenças crónicas ou imunossuprimidas) sempre que estejam em situações de risco aumentado de exposição".

Entre outras medidas, é recomendado que as pessoas com sintomas sugestivos de infeção respiratória ou diagnóstico estabelecido, permaneçam em casa, evitando a frequência do local do trabalho e escolas, privilegiando o teletrabalho.

Por outro lado, adianta a mesma nota, as pessoas com queixas sugestivas de infeção respiratória devem cumprir as medidas básicas de higiene e controlo da infeção, tais como, o distanciamento mínimo de 1,5 metros de outras pessoas, a higienização das mãos, a etiqueta respiratória e o uso de máscara na presença de outras pessoas, durante cinco a 10 dias após o início dos sintomas.

"Em caso de necessidade, o SNS24 deve ser contactado e deve ser dada especial atenção ao aparecimento de sinais de alarme: febre persistente que não cede a antipirético, dificuldade respiratória, expetoração com sangue, alteração do grau de vigília e vómitos persistentes, diarreia grave ou incapacidade de se alimentar e hidratar corretamente", alerta ainda a OM.

A OM lembra que a vacinação é a medida mais importante na prevenção da doença e ainda pode fazê-lo gratuitamente nas farmácias contra a gripe e a Covid-19, se tiver 60 ou mais anos de idade.

Lusa