Pesquisar notícia
quarta,
21 fev 2024
PUB
ULS Lezíria do Tejo

Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Santarém sai ao fim de seis anos

30/01/2024 às 17:32
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Ana Infante

A presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Santarém (HDS), Ana Infante, anunciou que vai sair depois de seis anos no cargo, onde teve “dificuldades grandes”, mas “realizações muito significativas e gratificantes”.

Num balanço que faz ao seu mandato, Ana Infante destacou que a direção do HDS conseguiu concretizar uma série de objetivos, desde a conclusão das obras do Bloco Operatório Central e de Partos, passando pela criação de vários gabinetes, até à forma como respondeu à pandemia covid-19.

“A conclusão das obras do Bloco Operatório Central e de Partos (…) foi, sem dúvida, um desafio para todos nós que, com grande empenho de todos os intervenientes, foi possível concretizar. Os desafios continuaram e respondemos de forma efetiva à pandemia covid-19”, indicou num comunicado.

Ana Infante referiu ainda que no seu mandato foi possível “diminuir o número de utilizadores frequentes que recorrem à Urgência Geral” e aumentar o número de consultas gerais, que, nos últimos seis anos, passou de 50 mil para 194 mil, devido ao reforço das “capacidades estruturais e da criação de novas especialidades”.

Entre essas novas especialidades, citou as de Cirurgia Torácica, Neurorradiologia, Reumatologia, Cirurgia Plástica e Imunoalergologia.

A antiga diretora do HDS refere também a diminuição do prazo médio de pagamento aos fornecedores para 110 dias e o investimento de 25 milhões de euros em várias infraestruturas do hospital.

“De 2018 a 2023 investimos cerca de 25 milhões de euros em infraestruturas, num hospital com quase 40 anos de existência nomeadamente: na pintura do edifício, rede de águas, quadro elétrico, elevadores, enfermarias, na requalificação dos Serviços de Medicina Física e Reabilitação, Unidade de Cirurgia de Ambulatório, da Unidade de Cuidados Intensivos, Anatomia Patológica e na construção do Gabinete Médico Legal da Comarca de Santarém (pronto a inaugurar); em equipamentos médicos; em tecnologias da informação e informática”, afirma.

A nível organizativo destaca a criação do Gabinete de Comunicação e Imagem, do Gabinete de Formação e do Gabinete de Investigação Clínica.

A administração liderada por Ana Infante foi alvo de grande contestação, aquando de um protesto convocado pelos enfermeiros do Serviço de Urgência do Hospital Distrital de Santarém (HDS), no dia 09 de janeiro, contra as condições de trabalho nesta unidade de saúde.

Na altura, Helena Jorge, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), disse que o serviço de urgência do hospital de Santarém estava "caótico", com uma "dispersão de doentes por todo lado" e com "falta de espaço para trabalhar", destacando que os profissionais de saúde não viam “grande solução nesta administração".

 

ULS Lezíria do Tejo anuncia nova administração

A administradora hospitalar Tatiana Silvestre é a nova presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) da Lezíria do Tejo, anunciou hoje aquela ULS.

Natural de Santarém e mestre em gestão de saúde, Tatiana Silvestre esteve 11 anos no Hospital Distrital de Santarém (HDS), onde dirigiu serviços como a cirurgia, o bloco operatório central, as urgências e o serviço de gestão e planeamento.

A administradora hospitalar assume agora a presidência do Conselho de Administração da ULS Lezíria do Tejo, que abrange o Hospital Distrital de Santarém e o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria, que inclui os Centros de Saúde de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.

Para a administração da ULS foi ainda nomeada Ana Rita Paulos, para diretora clínica para a área dos cuidados de saúde hospitalares, e João Pedro Ferreira assumiu o papel de diretor clínico para a área dos cuidados de saúde primários.

Sérgio Domingos foi nomeado vogal executivo com o pelouro financeiro e Hugo Sousa, proposto pelos municípios abrangidos pela ULS, também se juntou à administração como vogal executivo.

João Formiga completa a equipa como enfermeiro diretor.

Lusa