Pesquisar notícia
quinta,
13 jun 2024
PUB
Sardoal

Autarquia garante 375 mil euros para requalificação da Igreja Matriz

29/05/2024 às 11:04
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
FOTO: Paulo Sousa/CMS

A requalificação da Igreja Matriz de Sardoal deveria ser uma prioridade dentro daquilo que é a recuperação e valorização de um monumento que é urgente. E há uma preocupação que tem a ver com a deterioração que este monumento, património de um país, está a ter e que pode agravar sem intervenção.

Foi neste sentido que, aproveitando a visita pastoral do Bispo da Diocese de Portalegre e Castelo Branco a Sardoal, o assunto foi abordado.

O presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Miguel Borges, explicou a abordagem feita com o prelado, tendo até referido que as obras que estão na Igreja, e que não são apenas as do mestre de Sardoal, têm grande valor municipal e nacional. O autarca indicou ainda que deveria haver mais agilidade no tratamento destas matérias.

O autarca frisou que a Igreja Matriz já foi alvo de uma candidatura, sem sucesso na altura, mas o assunto não ficou parado ou no esquecimento. E tem havido, disse, a tentativa de abrir várias janelas de oportunidade para esta obra. E há uma destas janelas que pode abrir-se. Trata-se do programa Investimentos Territoriais Integrados (ITI), no âmbito da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C).

O que está em causa é a possibilidade do Município disponibilizar no seu pacote de investimentos 375 mil euros para um investimento total de meio milhão de euros. “Tem de haver aqui alguém que tenha 125 mil euros”, disse Miguel Borges acrescentando que “parece-me lógico que quem tem de tratar desses 125 mil euros seja o dono do imóvel.” O presidente vincou que é muito bom “haver aqui alguém a dizer temos aqui 375 mil, precisam arranjar 125 mil euros.”

Miguel Borges indicou que nesta visita tentou sensibilizar o Bispo porque a candidatura tem de ser feita até final deste ano, mas ressalvou que não havendo essa possibilidade esses 375 mil euros, do Município, “podem e devem ser encaminhados para outros projetos.”

De acordo com o autarca, o Bispo disse ter preocupações com duas ou três igrejas na Diocese e uma delas é a de Sardoal. O presidente da Câmara de Sardoal indicou ainda que foi pedida uma reavaliação do projeto, feito há três anos, e que mesmo assim fica abaixo dos 500 mil euros “o que é ótimo.”

Pedro Duque, vereador eleito pelo PS, manifestou a concordância com a ação tomada, ou seja, com a imputação do financiamento municipal.