Pesquisar notícia
quarta,
20 out 2021
PUB
Política

Vila de Rei: Autarcas do executivo e da Assembleia Municipal tomam assumem mandato até 2025

12/10/2021 às 17:08
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Os novos órgãos autárquicos de Vila de Rei tomaram posse na manhã desta terça-feira, 12 de outubro, para cumprir o mandato nos próximos quatro anos.

Numa cerimónia que decorreu no auditório municipal, no edifício dos Paços do Concelho, Ricardo Aires, que foi reeleito para o seu último mandato, vai liderar uma equipa no executivo que tem apenas uma mudança: Rosa Martins (PSD) substituiu Jorge Tavares (PSD). De resto Paulo César Luís e Bruno Dias Fernandes (PSD) e Luís Santos (PS) continuam no órgão que gere os destinos do concelho.

A cerimónia de tomada de posse decorreu ainda com as limitações da pandemia com todos os presentes em distanciamento e a usar máscara que apenas retiraram nos discursos ou para as fotografias da praxe.

Paulo Brito, presidente da Assembleia Municipal cessante e reeleito como cabeça de lista para a nova Assembleia Municipal, deu posse aos membros do executivo municipal e, de seguida, a todos os membros eleitos para o órgão deliberativo. Apenas não tomou posse um eleito por estar ausente do país (assumirá o compromisso na primeira sessão ordinária do órgão) e os presidentes de junta de Fundada e Vila de Rei [eleitos por inerência] por ainda não terem assumido os mandatos nas respetivas freguesias.

Depois da posse veio de imediato a eleição da mesa da Assembleia Municipal de Vila de Rei tendo sido entregue apenas uma lista pelo PSD com os nomes de Paulo Brito, Carla Sarmento e Susana Lousa que foi eleita [por votação secreta]com 13 votos a favor e dois em branco.

No seu discurso, muito curto, o presidente da Assembleia Municipal sublinhou a qualidade de vida que já existe em Vila de Rei, mas há novos desafios para o futuro.

Paulo Brito vincou os projetos estruturantes que estão nas mãos do Município, deixando algumas áreas em destaque como a valorização do território, as questões ligadas com a floresta, com a biomassa e com as biorefinarias. E, nestes e noutros temas, deixou a vontade de que a Assembleia Municipal seja cooperante com os projetos do executivo.

Os desafios dos próximos anos apontam à qualidade de vida e reforço do tecido empresarial com criação de mais emprego

Antes da tomada de posse da Assembleia Municipal Ricardo Aires, que entra no seu último mandato, enquanto presidente de Câmara deixou as notas para os desafios dos próximos quatro anos e não escondeu a comoção quando agradeceu o apoio que tem da família naquilo que são as exigências que um cargo político e público assume.

Ricardo Aires puxou para o executivo municipal a responsabilidade de envolver os cidadãos naquilo que são todas as ações desenvolvidas em prol do desenvolvimento da comunidade: “precisamos de dignificar os cargos que exercemos nos diferentes órgãos, sejamos nós eleitos ou eleitores (…) através do nosso empenho pelo bem comum”.

O presidente da Câmara de Vila de Rei deixou a certeza de querer continuar a dar passos firmes nesse sentido porque disse ser “daqueles que acredita na política ao serviços das cidadãs e dos cidadãos”. E adiantou que “temos de ter a coragem de trilhar um caminho de ética, honestidade e de serviço à nossa terra”.

No seguimento Ricardo Aires sublinhou que a sua equipa vai ser intransigente na defesa dos interesses do concelho de Vila de Rei com objetivos prioritários como a continuação do trabalho tendo em vista a criação de condições para reforçar a competitividade económica do tecido empresarial, a captação de novas empresas, o apoio social e educativo bem como uma intenção clara de ser referência como comunidade de inclusão em que as pessoas contam verdadeiramente.

O presidente destacou a necessidade de haver uma envolvência de todos nos objetivos do Município e deixou o convite aos empresários, comerciantes e coletividades “a participar connosco na promoção e desenvolvimento do nosso concelho”.

Com um discurso curto mas incisivo nas ideias para os próximos anos Ricardo Aires deixou a certeza que face à conjuntura de insegurança que ainda se vive afirmou querer tomar as medidas necessárias para combater a pobreza e a exclusão através do apoio às famílias e munícipes que tenham carências, mesmo que temporárias. Deixou a nota de que a aposta nos jovens vai continuar, quer nos percursos escolares quer em iniciativas ativas de emprego assim como no apoio aos mais idosos. Ricardo Aires disse que será “um autêntico provedor dos seus interesses reforçando os meios de apoio social e procurando novas respostas”.

Na mesma linha dos objetivos que pretende desenvolver nos próximos quatro anos, o autarca eleito pelo PSD direcionou o discurso para o território nomeadamente para o futuro da floresta através das Áreas de Gestão Integrada da Paisagem que serão implementadas e desenvolvidas nos próximos anos.

Depois apontou ao desenvolvimento das aldeias do concelho em parcerias estreitas com as juntas de freguesia, nomeadamente na valorização dos espaços públicos, a aplicação de medidas de eficiência energética bem como melhoras as condições do saneamento básico e abastecimento de água. E neste particular Ricardo Aires deixou bem vincado que o Município de Vila de Rei vai continuar a ser a entidade gestora destes serviços.

Em modo conclusão o presidente da Câmara deixou ainda uma palavra para as coletividades e clubes do concelho que constituem igualmente um dos pilares da sociedade vilarregense e que, por siso, vão continuar a ter os apoios do executivo municipal.

No final da cerimónia os eleitos e convidados participaram num pequeno beberete e já é certo que o novo executivo municipal de Vila de Rei tem a primeira reunião, em que deverão ser atribuídos pelouros e funções, na sexta-feira, dia 15 de outubro.

Câmara Municipal

Ricardo Aires (PSD)
Paulo César Luís (PSD)
Luís Santos (PS)
Rosa Martins (PSD)
Bruno Dias Fernandes (PSD)

Assembleia Municipal

Paulo Brito (PSD)
Carla Sarmento (PSD)
António Domingos (PS)
Carlos Nunes (PSD)
Hélder Antunes (PSD)
Diana Lucas (PS)
Susana Lousa (PSD)
João Bernardino (PSD)
Luís Jerónimo (PS)
Miguel Silva (PSD)
Maria Martins (PSD)
Ana Pires (PS)
Nuno Nunes (PSD)
Paula Dôro (PSD)
Carlos Araújo (PS)
Rita Cavalheiro (PSD) – presidente JF S. João Peso
Manuel Mendes (PSD) – presidente JF Fundada
Sérgio Francisco (PSD) – presidente JF Vila de Rei

Galeria de Imagens