Pesquisar notícia
segunda,
24 jun 2024
PUB
MIMICAT

Alegria e frescura na Eurovisão em 2023

12/03/2023 às 09:10
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

 A cantora Mimicat, com a música “Ai Coração”, venceu o Festival da Canção na noite de sábado, 11 de Março e vai representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, previsto para maio em Liverpool, Reino Unido.

Mimicat é o nome artístico da cantora portuguesa Marisa Mena, de 38 anos, que se candidatou ao Festival da Canção, submetendo “Ai Coração”. A cantora já tinha participado em 2001 numa das semifinais do festival, com o nome Izamena.

Mimicat vai representar Portugal no 67.º Festival Eurovisão da Canção, cuja final está marcada para 13 de maio em Liverpool, no Reino Unido. A final é antecedida por duas semifinais nos dias 09 e 11 de maio e Portugal está na primeira semifinal.

Na final do Festival da Canção, competiram 13 canções.

Foram elas “Encruzilhada” (composta e interpretada por Churky), “Nasci Maria” (Cláudia Pascoal), “Viver” (SAL), “Ai Coração” (Mimicat), “Contraste Mudo” (You Can’t Win Charlie Brown), “Endless World” (Neon Soho), “Sapatos de Cimento” (composta por Quim Albergaria e interpretada por Esse Povo), “Povo” (Ivandro), “A festa” (Edmundo Inácio), “Goodnight” (Bárbara Tinoco), “Tormento” (Voodoo Marmalade), “Fim do mundo” (Inês Apenas) e “World needs therapy” (Dapunksportif).

Na votação do júri regional, houve um empate entre as canções de Mimicat e de Edmundo Inácio, mas na votação do público, os 12 pontos foram para a canção “Ai Coração”.

A final do Festival da Canção contou com atuações de Salvador Sobral, Maro, David Fonseca e dos Jesus Quisto, a banda que nasceu da série de ficção “Pôr do Sol”, transmitida pela RTP.

Em 2022, Portugal participou na Eurovisão com “Saudade, Saudade”, composta e interpretada por Maro, tendo ficado em nono lugar.

A vitória da Eurovisão em 2022 coube à Ucrânia com a canção “Stefania”, pelo grupo Kalush Orchestra.

A Ucrânia deveria ser este ano o país anfitrião do festival, mas por causa da invasão militar da Rússia no país, a organização decidiu que a cerimónia seria no Reino Unido, em Liverpool.

Portugal participou no Festival Eurovisão da Canção pela primeira vez em 1964 e venceu pela primeira e única vez em 2017, com “Amar pelos dois”, interpretado por Salvador Sobral e composto por Luísa Sobral. Na sequência da vitória, Lisboa acolheu, no ano seguinte, o concurso.