Pesquisar notícia
terça,
07 dez 2021
PUB
Economia

Vila de Rei: Parque de Trituração de Madeira Queimada vai ser realidade

27/03/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O vice-presidente do Município de Vila de Rei, Paulo César Luís, esteve presente, a 23 de março em Mangualde, na constituição formal e assinatura dos contratos para a construção de uma Parque de Trituração de Madeira Queimada em Vila de Rei, numa cerimónia presidida pelo Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos.

A criação deste Parque, fruto da aprovação da candidatura apresentada ao ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, vai permitir o escoamento da madeira ardida durante os incêndios deste Verão, contribuindo para a sustentabilidade do abastecimento das indústrias consumidoras e para o aproveitamento económico desta matéria-prima, explica o Município em nota de imprensa.

Paulo César Luís salienta que “depois de, no passado Verão, termos visto metade do nosso Concelho dizimado pelas chamas, a criação de um Parque de Madeira Queimada assume uma elevada importância, possibilitando uma fonte de receitas adicional à população que viu os seus terrenos serem devastados pelos incêndios. Juntando a isso, será também um incentivo complementar para a remoção da madeira ardida e consequente limpeza dos terrenos, com vantagens a nível ecológico e ambiental”.

Os Parques de Trituração de Madeira Queimada estão aptos a receber madeira com diâmetro inferior a 20 cm, com um período mínimo de 3 meses de parqueamento da madeira e um preço mínimo garantido ao produtor da madeira em pé de 10€ por tonelada, finaliza a mesma nota.