Pesquisar notícia
quinta,
18 jul 2024
PUB
Médio Tejo

Relatório de Gestão 2023 aprovado por unanimidade em Assembleia Intermunicipal

12/04/2024 às 17:49
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Assembleia Intermunicipal da CIM do Médio Tejo decorreu no passado dia 8 de abril, na qual foi aprovado, por unanimidade, o Relatório de Gestão 2023.

Na sessão, o presidente da CIM do Médio Tejo, Manuel Jorge Valamatos, evidenciou o resultado líquido financeiro de 2023, tendo sido 1.116.106,51€ e com um saldo de gerência de 4.417.566,53€.

Salientou ainda que balanço financeiro foi positivo, uma vez que em 2022, o resultado líquido financeiro tinha sido de 718.310,62€ e o saldo de gerência de 3.597.618,54€.

Em comparativo ao ano de 2022, a taxa de execução global da receita ascendeu a 88%.

Em 2023, o programa de atividades da CIM Médio Tejo teve como orientação o estabelecido nas Opções do Plano e Orçamento. Tratou-se de um ano de conclusão de um ciclo, uma vez que se tratou do último ano de execução do Quadro Comunitário de Apoio – Portugal 2020.

Ainda relativamente ao ano passado, procedeu-se à conclusão do desenvolvimento dos projetos intermunicipais e uma maior operacionalização do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT) da CIM Médio Tejo.

A sessão da Assembleia foi também norteada pela apresentação do Investimento Territorial Integrado (ITI), tendo sido evidenciada a contratualização pública decorrida também no dia 8 de abril, entre a CIM Médio Tejo e a Autoridade de Gestão do Programa Regional Centro 2030.

O ITI consubstancia-se na contratualização de um pacote financeiro que apresenta como valor de fundo 121.664.089,06€ e significa um conjunto de investimentos e ações, a serem executadas dentro do período de programação comunitária, Portugal 2030, e que serão dinamizadores do desenvolvimento, coesão e da economia regional.

O primeiro secretário executivo da CIM Médio Tejo, Miguel Pombeiro, referiu aos deputados intermunicipais que com este desígnio, pretende a CIM concretizar em pleno os objetivos do Programa Operacional Regional Centro 2030 para o período de programação comunitária 2021-2027. Como também, promover a execução da Estratégia de Desenvolvimento Territorial Estratégico para a região do Médio Tejo, assente no desenvolvimento e crescimento económico, social, sustentável da região através de uma governança integrada.

 

Notícia relacionada: https://www.antenalivre.pt/noticias/comunidade-intermunicipal-contratualiza-fundos-do-portugal-2030-c-audio