Pesquisar notícia
quarta,
21 fev 2024
PUB
Torres Novas

Associação Empresarial reforça apoio ao empreendedorismo com inauguração da Startup NERSANT(c/áudio)

21/12/2023 às 16:39
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O apoio ao empreendedorismo e criação de empresas continua a ser uma das prioridades da NERSANT, tendo a associação decidido colocar o seu pavilhão de exposições à disposição da iniciativa empresarial da região, através da sua reconversão numa nova infraestrutura de incubação e aceleração de empresas, nomeada Startup NERSANT - Torres Novas.

Este novo espaço de acolhimento empresarial, onde já estão incubadas várias empresas, tem como missão a promoção do desenvolvimento económico do Ribatejo, incentivando quer empreendedores, quer empresas a investir e dinamizar a sua atividade económica nesta região.

Na cerimónia de inauguração, que ocorreu na manhã desta quinta-feira, 21 de dezembro, o presidente da direção da NERSANT, António Pedroso Leal, afirmou que a associação empresarial continua a estar ao lado das empresas, destacando o simbolismo desta inauguração. “Aqui foi criada e instalada, neste pavilhão de exposições, a NERSANT, com atividade multidisciplinar no desenvolvimento do tecido empresarial, associação que paulatinamente foi sedimentando a sua relação de proximidade e de serviço à comunidade”, “pelo que é com grande orgulho que estamos hoje aqui para inaugurar mais uma das nossas iniciativas direcionadas para as novas empresas e para os empresários e jovens empresários, abrindo também espaço para receber empresas que pretendam usufruir do nosso conhecimento e ajuda, no que concerne à atividade empresarial, nas suas diversas áreas e vertentes”.

António Pedroso Leal prosseguiu o seu discurso ressalvando a importância da criação de parcerias e sinergias entre os diversos atores regionais. “Pretendemos expandir este projeto, projetando a existência de uma rede que interligue estabelecimentos de ensino – profissionais e superiores – empresas e municípios, num esforço conjunto para manter na região a força de trabalho absolutamente necessária ao nosso desenvolvimento”. “A NERSANT estará sempre disponível para estabelecer e aprofundar parcerias, permitindo rentabilizar os esforços de todos e assim permitir o nosso crescimento em conjunto”, concluiu.

 

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Manuel Jorge Valamatos, partilhou a perspetiva da CIMT sobre a iniciativa, destacando o alinhamento com os esforços regionais para impulsionar a inovação, o empreendedorismo e o desenvolvimento económico. “Neste dia importante, congratulo a associação pela excelente remodelação deste espaço onde nasceu a NERSANT”, começou por dizer, admitindo estarmos perante “tempos desafiantes, que só serão mitigados em conjunto e com a uma NERSANT ativa, viva e sensível ao tecido empresarial”.

Manuel Jorge Valamatos destacou que há desafios de uma futura nova região (Oeste e Vale do Tejo) e vincou a necessidade de aproveitamento dos fundos da União Europeia para a região, nomeadamente o PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) e o Fundo de Transição Justa. E não esqueceu o aeroporto, mesmo sabendo que a decisão está a apontar outras paragens revelou que este não é, ainda, o momento de atirar a toalha ao chão.

 

O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, enfatizou a visão da autarquia em relação ao projeto e a sua importância para o desenvolvimento local, tendo afirmado que o Município está já a trabalhar em parceria com a NERSANT no âmbito do apoio ao empreendedorismo. Classificou esta aposta da NERSANT como “um pequeno grande passo” e congratulou a iniciativa, que vem reforçar o apoio aos empreendedores e empresas que se pretendam instalar na região.

Pedro Ferreira não se esqueceu do pavilhão que durante muitos anos acolheu as exposições da Nersant, antes destas se terem deslocado para o CNEMA, em Santarém. E frisou que houve uma candidatura para a criação de um Centro Tecnológico que viria potenciar uma série de áreas ligadas à indústria.

De referir que a NERSANT é líder no apoio ao empreendedorismo e criação de empresas, dispondo de um programa de apoio técnico e consultoria para a criação, maturação e acompanhamento pós-início de atividade de novos negócios, que pretende não só ajudar trabalhar ideias de negócio, mas também ajudar a criar novas empresas na região do Ribatejo.

A necessidade de incubação de empresas com condições vantajosas para novos empresários, surgiu como uma necessidade subsequente desta estratégica, com a associação a criar a sua primeira incubadora de empresas – a Startup Santarém – , no ano de 2016, seguindo-se a criação da Startup Ourém e da Startup Alcanena, a que se junta agora a Startup NERSANT – Torres Novas, todas elas certificadas pela rede de incubadoras de empresas da Startup Portugal.

Entre 2013 e 2022, a NERSANT acompanhou a realização de cerca de 3.503 ideias de negócio, apoiou a criação de 690 empresas e incubou 92 novas empresas na sua rede de Startups, incluindo 25 projetos internacionais.

A abertura desta nova incubadora NERSANT – que integra, a par das restantes startups da associação, a rede RNI - Portugal Incubators da Startup Portugal – representa um marco na promoção da inovação e crescimento empresarial na região, refletindo a missão da associação em impulsionar a criação e crescimento de empresas inovadoras. A nova incubadora oferece um ambiente propício ao desenvolvimento de startups, proporcionando não apenas espaços físicos para a instalação de negócios, mas também a possibilidade de pré-incubação – apoio técnico e mentoria à criação dos negócios – incubação virtual e cowork, bem como salas de reuniões e infraestruturas de apoio à iniciativa empresarial.

 

Galeria de Imagens