Pesquisar notícia
sexta,
19 abr 2024
PUB
Endesa

Foi concluído o segundo curso técnico que está incluído no Plano Global de Formação da empresa

19/07/2023 às 10:22
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Terminou o segundo curso de formação da Endesa em “Técnico de Instalações elétricas e fotovoltaicas - Autoconsumo”, no dia 18 de julho, que foi realizado com a colaboração institucional da Junta de Freguesia do Pego. Esta formação gratuita (teórica e prática), com início a 21 de junho, está incluída no Plano Global de Formação da Endesa, destinado a promover o desenvolvimento socioeconómico e a criação de emprego na região de implantação do projeto de Transição Justa do Pego.

Com este curso, a Endesa oferece “uma oportunidade de aprendizagem de alta qualidade, capacitando os participantes com conhecimento, teórico e prático, essenciais no setor de instalações elétricas e fotovoltaicas”.

Os alunos que concluíram com sucesso o curso receberão uma certificação profissional, certificada pela Direção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT), reconhecendo as suas competências e formação na área das instalações elétricas e fotovoltaicas.

Nesta formação, foi dada prioridade de acesso a residentes da região de Abrantes, pessoas em situação de desemprego e mulheres. Não foi necessário nenhum requisito prévio para frequentar o curso. Esta formação tem uma certificação profissional que vai permitir em 2023 qualificar 50 pessoas, nas duas edições previstas.

O curso ​​foi desenvolvido através de uma parceria da Endesa com a ISQ Academy. Visa promover a capacitação técnica das pessoas na região, e teve uma duração total de 150 horas de formação teórica e prática.

O curso foi ministrado nas instalações da Junta de Freguesia do Pego, no concelho de Abrantes. Os participantes que concluíram com sucesso o curso, receberam uma certificação profissional para acreditar a sua formação. A segunda convocatória deste curso será lançada durante 2023, em data ainda a definir a posteriori.

A oferta formativa da Endesa está incluída entre os projetos e iniciativas de Criação de Valor Partilhado (CSV) desenvolvidos pela Endesa nos territórios onde desenvolve projetos renováveis, procurando “sempre a melhor integração territorial e o máximo valor socioeconómico para as comunidades locais no âmbito do projeto”.

Com o “inovador projeto renovável” para a região de Abrantes, a Endesa “reforça o seu compromisso com Portugal, com a Transição Justa e, fundamentalmente, com as comunidades com as quais trabalha há três décadas na região de Abrantes. Com as comunidades locais, a Endesa irá agora construir o futuro para as próximas décadas”.

 

Plano Global de Formação da Endesa

No âmbito do concurso de Transição Justa do Pego, a proposta apresentada pela Endesa incluiu um Plano de Formação na área das energias renováveis e um plano orientado para o desenvolvimento socioeconómico para toda a região.

A Endesa elaborou um Plano Global de Formação, que permitirá a requalificação profissional, abrindo também a possibilidade de futuros empregos, em diversos setores, para as pessoas que se encontram em situação de desemprego na região.

Este Plano Global de Formação inclui vários cursos que vão contribuir desde a construção e instalação de centrais solares, à operação e manutenção de centrais renováveis. Adicionalmente, inclui atividades do setor primário e cursos de competências transversais, em funções administrativas e ferramentas digitais.

As iniciativas do Plano Global de Formação destinam-se principalmente aos habitantes da área de influência do Projeto de Transição Justa do Pego, sendo dada prioridade a pessoas que encontrem se em situação de desemprego e mulheres.

Em setembro serão divulgadas novas de edições de cursos de formação.