Pesquisar notícia
domingo,
23 jun 2024
PUB
Empreendedorismo

«Change In Motion» em crescimento projeta Centro de Inovação em Abrantes (c/áudio)

2/05/2024 às 10:03
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

“Change In Motion” é um nome que vai começar a ser ouvido com maior regularidade, pois esta empresa é o chapéu de três outras organizações que têm como denominador comum o empresário Luís Inácio. À Lipronerg, primeiro projeto empresarial, juntou-se a GM2E que está em franco crescimento de deverá inaugurar instalações no Parque Industrial de Montalvo (Constância) ainda este ano. Depois a Aldeias do Zêzere, que aposta em turismo rural ou de habitação, à beira da Albufeira do Castelo de Bode, juntou-se ao grupo num cenário de crescimento e de apontar setas também ao mercado imobiliário do Médio Tejo, estando a começar na cidade de Abrantes onde têm preparadas intervenções em diversos imóveis.

E para juntar o universo de profissionais ligados às três empresas e à nova marca que é o grupo, o “Change In Motion” organizou uma iniciativa interna a que chamou “Take Off” por forma a apresentar o futuro das várias empresas, olhando ao pormenor para cada uma, desde os desafios iniciais, ao balanço do caminho percorrido e aos objetivos traçados para 2025 que, ao que ficou a saber-se, podem até ser antecipados para este ano.

E desses objetivos fazem parte, pela Lipronerg e GM2E a conquista do selo PME Líder, o que pode acontecer um ano antes do projetado, face à perspetiva de ambas poderem atingir, já em 2024, mais de 1 Milhão de Euros de volume de negócios.

A Lipronerg é a primeira empresa de Luís Inácio, criada em 2011 e que em 2019 avançou para duas subsidiárias, a LPN.design e a LPN.solutions.

Depois, em 2020, em plena pandemia foi criada a GM2E para gestão e manutenção de equipamentos e edifícios. 2024 está a ser um ano importante pois a empresa está à beira de ter instalações novas, em Montalvo, tem nove carrinhas/oficina e tem como objetivo a entrada na indústria e hotelaria.

São estas duas empresas que podem atingir já este ano o selo de PME Líder.

Já as Aldeias do Zêzere subdividem-se em Z Comercial, Z agro (valorização dos terrenos agrícolas) e Z eventos.

Se nas empresas industriais ou de serviços industriais o crescimento é vincado no número crescente de clientes e projetos, a Aldeias do Zêzere avança com a Aldeia Zen em Aldeia do Mato, com com dois apartamentos T2 e uma suite, e o arranque Z Urban para arrendamento de imóveis e “queremos apostar no arrendamento comercial. Lançámos 17 obras, a maioria em Abrantes, vamos arrendar a primeira loja comercial, também em Abrantes, e em 2025 teremos novas unidades turísticas.

A título de curiosidade o projeto “Vila Verde” assenta na recuperação de um edifício 1955 que já tinha, na altura, luz natural em todas as divisões, produção de energia, recolha de águas pluviais e um moinho eólico para extrair água do poço, para além do de uma nascente de água para os sanitários e para a horta. “Isto em 1955. E hoje é que temos as preocupações com a ecologia.

Luís Inácio anunciou ainda para este ano a criação de um Centro de Inovação da “Change In Motion”, a ser localizado em Abrantes, e que pretende ser “um local onde vão estar a trabalhar grupos de aprendizagem colaborativa dentro das nossas organizações e que desenvolvem novas ideias que podem ser escaláveis e que podem ser trabalhadas para o mercado e atender às necessidades de mercado.” E é com esta ideia base que o CEO do grupo pretende que fique espelhado com a abertura deste Centro de Inovação, em Abrantes.

Luís Inácio explicou que em 2020 o objetivo era projetar as empresas Lipronerg e GM2E em 2025, de forma entendível por todas as partes. E o selo PME líder consegue aglutinar esta ideia. “Esta estratégia levou à criação de um departamento de marketing, comunicação e marketing que está a acelerar o nosso crescimento orgânico, e o objetivo de 2025 poderá ser atingido já este ano.”

A “Change In Motion” pretende “apresentar uma proposta de valor e queremos queremos impactar na comunidade”, afirmou Luís Inácio, CEO do grupo.

Luís Inácio explicou ainda que há em carteira dois projetos de inovação para lançar e a “Change In Motion pretende ter um pensamento global, com impacto local. Entenda-se local como Médio Tejo. Pretendemos ter uma presença forte, identitária e próxima das nossas comunidades.”

Quando ao Centro de Inovação, Luís Inácio vincou que é aí (em Abrantes) que quer envolver o Politécnico de Tomar e outras escolas e entidades para trabalhar nestes projetos de inovação.

Luís Inácio, CEO da “Change In Motion”

 

Este encontro dos profissionais do grupo “Change In Motion” contou com uma ação motivacional para os colaboradores das várias empresas, a cargo de Alexandra O'Neil, porque o envolvimento das pessoas nas decisões das empresas é meio caminho para colocar as equipas a trabalhar bem.

Sérgio Oliveira, presidente da Câmara de Constância esteve presente e, na sessão de abertura, destacou a abertura para receber estes encontros e vincou a importância, para o concelho, com a abertura das instalações da GM2E em Montalvo.

Já Luís Inácio encerrou o encontro com a mensagem de que o grupo está a crescer de forma sustentável e a obedecer a um plano estratégico delineado em 2020 e que esta a ser cumprido. Nalguns parâmetros está até a ser antecipado. Para 2024 há, ainda duas datas a agendar. Em Montalvo a abertura das instalações da GM2E e em Abrantes a abertura do Centro de Inovação.

Galeria de Imagens