Pesquisar notícia
quarta,
22 mai 2024
PUB
Constância

Em sábado de Carnaval, a Poesia é satírica na Tertúlia da Casa Memória de Camões

1/02/2023 às 14:59
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Foto: Antena Livre

A Tertúlia de Poesia regressa dia 18 de fevereiro, pelas 16 horas, à Casa Memória de Camões, em Constância. Em fim-de-semana carnavalesco, também a temática terá a ver com o riso, mais concretamente “Poesia Satírica – A ironia, a crítica social e o insólito”.

Na literatura portuguesa, a sátira está presente desde os primórdios, com as cantigas de escárnio e maldizer a assumirem-se como um dos três géneros da lírica galego-portuguesa. Ao longo dos séculos, não deixou de ser utilizada por muitos dos nossos maiores poetas, entre os quais o próprio Luís de Camões, enquanto outros, como Bocage, ficariam indelevelmente ligados a ela mesmo que a sua escrita fosse muito além do risível.

No século XX, serviu na perfeição os manifestos modernistas, o non sense do surrealismo ou a necessidade de criar metáforas e alegorias que passassem rasteiras à censura. Hoje, como sempre, o jogo linguístico que tem na poesia o seu ponto mais sublime usa a sátira como um instrumento crucial.

Disso se falará com abundância de exemplos práticos a prometerem sorrisos e mesmo algumas gargalhadas e, como é habitual, todos os tertulianos são convidados a uma participação ativa, com leituras ou comentários sobre poemas próprios ou de outros autores.

A entrada é livre e a partilha de leituras sempre incentivada.