Pesquisar notícia
sexta,
09 dez 2022
PUB
Grupo Teatro Palha de Abrantes

13.ª Mostra de Teatro começa com exibição em Tramagal e Bemposta

10/11/2022 às 15:42
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Grupo de Teatro Palha de Abrantes organiza a 12 e 19 de novembro a sua 13.ª edição da Mostra de Teatro.

Este ano a mostra acontece com a exibição de três peças de teatro em Tramagal e Bemposta, dia 12, e Abrantes, no dia 19.

A Sociedade Artística Tramagelense (SAT) acolhe a exibição da peça “Bú ou a pragmática do sonho” que é uma divertida proposta do Te-Ato, de Leiria. Trata-se de teatro irónico e provocador, sobre relações e que faz pensar.

João Lázaro é o encenador de uma peça que conta com os atores João Moital e José Luís Coelho, que interpretam dois vizinhos ligados por uma cumplicidade movida a acordos e discordâncias, e a música da autoria de Miguel Samarão e Ricardo Graça.

 

João Lázaro revela, sobre a peça, que “Luís Mourão, em sete fragmentos, criou um texto que não é uma criação do mundo, mas pode bem ser a história do Homem que habita e sente esse mundo. Absurdo muitas vezes. Os personagens em cena dizem-nos de cada um de nós. Do modo como interpretamos a circunstância, mas também da relação com o Outro que nos permite viver em qualquer circunstância. São sete instantes de um dia que se passou e que representam toda uma vida feita do conflito entre o sonho e a realidade. Por vezes dirigir atores é bem mais que apenas dirigir atores. No caso, são dois homens maiúsculos e generosos. Não pretendemos que construíssem um personagem. Eles são o personagem e despidos de qualquer estratégia de representação se apresentam, tal como deve acontecer quando a amizade é indelével. Cúmplices porque de tão diferentes que são. Assim, por favor, olhem para o João Moital e para o José Luís Coelho na sua humana e frágil condição de quem por cada vez que representa o faz como se fosse a última vez. Que assim sempre deveria ser o ato de representar. O Miguel Samarão e o Ricardo Graça captaram essa íntima essência de um texto e das figuras que lhe dão corpo e voz. Talvez por isso uma folha-de-sala possa ser bem mais que uma folha-de-sala, antes uma carta de amor onde se transcreve a gratidão que de outro modo não se conseguiria dizer.”

Tome nota, dia 12 de novembro, 21:30, Sociedade Artística Tramagalense.

No mesmo dia e à mesma hora, na Sociedade Recreativa e Musical de Bemposta apresenta-se o grupo Projéctor, do Barreiro, com a peça “De lá para aqui”. esta peça foi estraeada em 2021 aquando da inaguração do seu espaço cultural, na margem sul. Aponta a textos de Gil Vicente baseados na peça "O velho da horta". O espetáculo inicia-se às 21:30.

Dia 19 em Alferrarede, o Grupo de Teatro Palha de Abrantes leva a cena na sua sede (antiga escola primária localizada em frente ao McDonald's) “Nunca nada de ninguém”, da autoria de Luísa Costa Gomes. A peça está agendada para as 21:30.

 

 

Galeria de Imagens