Pesquisar notícia
terça,
07 dez 2021
PUB
Concelhos

Vila de Rei: Aprova instalação de um Posto de Carregamento para veículos elétricos

21/06/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Município de Vila de Rei vai instalar um posto de carregamento para veículos elétricos.

Esta terça-feira, dia 20, foi aprovada por unanimidade, em reunião ordinária do executivo camarário, a proposta de protocolo entre os Municípios do Médio Tejo e a MOBI.E – Mobilidade Elétrica. Este protocolo traduz a instalação de um posto de carregamento para veículos elétricos em todos os Municípios do Médio Tejo.

Segundo nota de imprensa do Município, de acordo com o protocolo aprovado, "a MOBI.E compromete-se a instalar um posto de abastecimento semirrápido em cada Município da CIMT até ao final do ano 2017.No final da Fase Piloto, a exploração do Posto de Carregamento será cedida a um operador devidamente licenciado.

Por seu lado, o Município compromete-se a escolher o melhor local para instalação do posto e emitir as respetivas licenças de utilização de domínio público e para a realização dos trabalhos de criação dos ramais subterrâneos para o fornecimento de energia elétrica".

A Autarquia suporta ainda, até à entrada do mercado, todos os encargos associados à disponibilização de eletricidade nos postos de carregamento, implementar iniciativas de discriminização positiva da mobilidade elétrica e adquirir uma viatura elétrica. A aquisição da viatura é comparticipada a 85% e com data de entrega marcada para 27 de junho. A viatura será utilizada como Unidade Móvel de Cuidados de Saúde.

Ricardo Aires, presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, adianta que “a aposta na promoção da mobilidade elétrica é uma importante forma de proteção ambiental e, desta feita, deve ser encarada como uma ação fundamental. Queremos, com a criação de um posto de carregamento de veículos elétricos em Vila de Rei, potenciar a procura e a utilização por parte dos cidadãos, das empresas e da Administração Pública. Desta forma, estamos igualmente a criar condições para que, cada vez mais, seja viável a utilização de veículos elétricos no território nacional, potenciando esta tecnologia de transporte ambientalmente mais sustentável”, lê-se na mesma nota.