Pesquisar notícia
sexta,
20 mai 2022
PUB
Concelhos

“Qualquer evento aqui no centro já chama os moradores”

9/05/2022 às 15:45
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Teve lugar este sábado a segunda edição da Mostra de Artes e Ofícios no Largo 1.º de Maio, em Abrantes, que contou com a presença de vários artesãos do concelho e ainda com entretenimento pela parte da banda de acordeão do Benfica de Abrantes.

 

Desde cerâmicas pintadas à mão a cerveja artesanal, são diferentes e únicos os produtos que se podem encontrar nesta feira. Algo em comum entre muitos dos artesãos presentes é que os materiais que usam são reciclados. Aproveitam “pratos partidos”,“restos de tecidos” e até mesmo "restos de troncos" de árvores e cortiças.

 

Para alguns, esta é a primeira vez na mostra de artes e ofícios, mas certamente que não será a última. Outros marcam uma presença assídua não só neste mercado, mas também noutras oficinas e workshops que vão decorrendo no concelho.

 

Alda Moedas, trabalha com restos de troncos e cortiças

Sentem que o facto desta nova vertente no mercado vai trazer mais dinâmica para o mesmo. Traz a estes artesãos a oportunidade de mostrar os seus trabalhos e pôr em prática novas ideias para trazerem "mais dinamismo" para a cidade.

Apesar de se encontrarem em trabalho, este é “um espaço de convívio” em que “estamos em contacto com as pessoas”.

Célia, com o projeto O meu amigo croché

“Qualquer evento aqui no centro já chama os moradores, chama os visitantes, já dá uma movimentada!”, relata uma das artesãs presentes, que escolheu vir morar para Abrantes há quatro anos, onde começou a sua jornada pelo mundo do artesanato. Percebe-se assim uma satisfação por parte destes trabalhadores e próprios moradores da cidade que acreditam que esta mostra de artes e ofícios traz uma nova cara ao largo 1.º de Maio.

Jenifer Parpocki

Este é “um ótimo incentivo do município” que ajuda os artesãos da zona, assim como para o próprio município. Participar neste mercado permite que mais tarde possam vir a participar noutras iniciativas por parte da Câmara.

Criar laços também é algo que ocorre nesta mostra. Os artesãos, que acabam por passar esta manhã perto uns dos outros, acabam por dar a conhecer os produtos uns aos outros.

Daniela Elias, da Lab6

Mais uma novidade acrescentada ao mercado de Abrantes são as flores de papel, realizadas por treze Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS’s) do concelho de Abrantes, com o objetivo de retomar a identidade do concelho “Cidade Florida”.

 

Maria Francisca Carvalho