Pesquisar notícia
sexta,
19 abr 2024
PUB
Mouriscas

Projeto «Apadrinha Uma Oliveira» pretende recuperar 10 mil oliveiras (c/áudio, vídeo e fotos)

6/06/2023 às 08:43
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

iniciativa "Apadrinha uma Oliveira" (https://apadrinhaumaoliveira.org/é uma parceria entre a Endesa e a ONG “Apadrina un Olivo”, que além de recuperar oliveiras abandonadas, promove a produção de azeite de forma tradicional e o cultivo de conservas a partir de produtos locais.

Serão geradas oportunidades de emprego de qualidade, com 27 postos de trabalho associados ao projeto. E não só criar-se-á trabalho no entorno rural, ainda reativará o sector agrícola em abandono.

O objetivo na região de Abrantes, é recuperar 10.000 oliveiras abandonadas dos mais de 200.000 hectares de olival abandonado na região de Abrantes e Médio Tejo. Porque ao recuperar o património natural estamos também a mitigar o risco de incêndios na zona.Este projeto está a ser liderado, em Abrantes, por João Rijo, ex-funcionário da Central a Carvão que viu uma grande oportunidade nesta área de agricultura.

João Rijo explicou que foi a Espanha e viu o valor criado numa comunidade de 350 pessoas. Trata-se de uma ideia que pode ser replicada na região de Abrantes que tem muitas áreas de olival que está abandonado. Ou seja, são propriedades de minifúndio cujos donos ou herdeiros deixaram de “cuidar” como sendo uma fonte de rendimento ou de produção de azeite. E são propriedades que, não sendo limpas, acabarão por ver o arvoredo consumido por outras espécies ou então, como tão têm o aproveitamento da azeitona, representam apenas despesa com as limpezas antes do verão.

João Rijo colocou a plana na primeira propriedade, em Mouriscas, que entrou no projeto com o dono a fazer a entrega da gestão do espaço à “Apadrinha Uma Oliveira”.

À Antena Livre João Rijo explicou como é que funciona este projeto. Quem quiser faz um contrato com esta entidade que fica responsável pela exploração do olival e pela respetiva limpeza dos terrenos.

João Rijo, “Apadrinha uma Oliveira”

Ainda, “Apadrinha Uma Oliveira” instalará o próprio lagar de azeite, uma fábrica de conservas e uma unidade de compostagem na região de Abrantes, incentivando assim a fixação da população rural.
Também, a entidade irá lançar uma marca de azeite virgem extra “com propósito”, como consequência da recuperação dos olivais, e a médio prazo criará uma fábrica de conservas para recuperar os hortos da zona e consumir produtos locais.

Já Pedro Almeida Fernandes, diretor da Endesa Géneración, referiu que o projeto pretende valorizar produtos da região e a região, com a recuperação de grandes manchas de olival abandonado.
E para além de ganhar valor é fixar esse valor na região. Trata-se de um projeto que pode criar 25 postos de trabalho.

Pedro Almeida Fernandes

O Projeto “Apadrinha uma Oliveira” está enquadrado no Plano para a Criação de Valor Partilhado ou CSV (Creating Shared Value), com que a Endesa trabalha em todos os seus projetos. Visa maximizar o seu valor para a comunidade envolvente através de um conjunto de iniciativas que são construídas através de um processo participativo com os agentes locais.

A colaboração da Endesa com a iniciativa começou na região espanhola de Andorra (Teruel), depois da adjudicação conquistada pela Endesa, no concurso de Transição Justa em 2022. Está incluída no relevante plano de desenvolvimento socioeconómico para a região.
Apadrina un Olivo é um projeto social de referência em Espanha: Um modelo de empreendedorismo rural nascido em 2014 em Oliete, Teruel, Espanha, para gerar desenvolvimento rural sustentável em áreas pouco povoadas. Gera um triple bottom line e um elevado impacto social, enquadrado nos cinco S’s “Social, Solidário, Sustentável, Saudável e Solar”.

Galeria de Imagens