Pesquisar notícia
segunda,
04 jul 2022
PUB
Concelhos

Programa cultural em rede desenvolve 68 ações em quatro municípios

7/02/2022 às 11:03
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O projeto “Caminhos da Natureza”, promovido por quatro municípios do Médio Tejo, arranca no domingo na Sertã e vai desenvolver 68 ações de promoção de bens culturais e naturais nos quatro concelhos abrangidos.

“O projeto é composto por 68 ações que percorrerão diversos locais dos quatro concelhos abrangidos, assentando no desenvolvimento de novas experiências e na dinamização, promoção e desenvolvimento de bens culturais e naturais - materiais e imateriais”, referiu a Câmara da Sertã, em comunicado hoje divulgado.

Este município do distrito de Castelo Branco sublinhou ainda que o “Caminhos da Natureza” pretende funcionar como “forma de diferenciação, competitividade, diminuição de assimetrias e reforço da coesão territorial, através da atratividade e promoção da imagem da região”.

Consiste num programa de seleção de locais e objetos artísticos e culturais para a valorização e divulgação de bens culturais e patrimoniais.

“Pretende-se que os eventos potenciem uma dinâmica entre as artes, o público e economia local (comércio, hotelaria, restauração e serviços), estimulando a economia da região através do turismo atraído pela procura de produtos culturais diferenciadores”, lê-se na nota.

O projeto “Caminhos da Natureza” abrange os municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã e Vila de Rei e arranca no domingo, com a realização de um concerto na Igreja Matriz do Figueiredo (Sertã).

Trata-se do concerto de órgão e quarteto de vozes de ‘Dada Garbeck’, que decorre às 15:30.

Liderado por Rui Souza (sintetizadores e voz), o grupo é constituído por Sandra Azevedo (soprano), Marisa Oliveira (contralto), Leonel Gomes (tenor) e Guilherme Moreira (baixo).

O projeto está integrado na Programação Cultural em Rede promovida pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo que abrange os municípios de Sertã, Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha.

O projeto é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Lusa