Pesquisar notícia
quarta,
29 mai 2024
PUB
Sertã

Município e CPCJ assinalam Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância

10/04/2024 às 11:39
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Município da Sertã e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens voltam a associar-se para assinalar o Mês da Prevenção dos Maus Tratos na infância durante o mês de abril. “Serei o que me deres… que seja amor” é o mote da campanha que tem como símbolos os já habituais laços azuis e que pretende apelar à participação de todos na missão de sensibilizar para a gravidade dos maus-tratos na infância: a campanha apela à premissa que crianças e jovens cresçam em ambiente de respeito pela sua individualidade, pelos seus direitos e onde só possa haver amor.

À semelhança de anos anteriores, nesta campanha o Município da Sertã e a CPCJ contam com a parceria de escolas públicas e privadas, Instituições Particulares de Solidariedade Social e entidades com competência em matéria de infância e juventude. São várias as iniciativas previstas em que estará muito presente o símbolo da campanha: colocação de laços azuis e cartazes da campanha nas entidades em diversos locais relacionados com juventude e infância (escolas, jardins de infância, creches, IPSS, edifícios municipais, juntas de freguesia, serviços de saúde, quartéis de bombeiros, clubes desportivos, paróquias GNR, APPACDM e outras), colocação de laços azuis de grandes dimensões nas três vilas do concelho (Cernache do Bonjardim, Pedrógão Pequeno e Sertã) e realização de laços azuis por todas as crianças e jovens para afixação nos vários espaços das escolas.

Ao longo do mês, alguns edifícios municipais estarão iluminados de azul: o edifício dos Paços do Concelho, a Casa da Cultura da Sertã e a Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, na Sertã. No dia 20 de abril, às 9 horas, terá início na Escola Básica da Sertã uma caminhada inclusiva, em colaboração com o Departamento de Educação Especial do Agrupamento de Escolas da Sertã. O encerramento do Mês da Prevenção dos Maus Tratos decorrerá a 30 de abril, às 11h30m, com a realização em simultâneo de um laço humano em todas as escolas, creches e jardins de infância do concelho.

Recorde-se que a Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando a avó Bonnie W. Finney amarrou uma fita azul à antena do seu carro “para fazer com que as pessoas se questionassem”. O azul da fita refletia a cor das nódoas negras e dos corpos batidos dos seus dois netos, alvos de violência pela mãe e namorado. O azul servia como um lembrete constante na sua luta pela proteção das crianças contra os maus-tratos, tendo-se transformado no símbolo do Mês da Prevenção dos Maus Tratos, cuja campanha se assinala anualmente durante o mês de abril.