Pesquisar notícia
domingo,
22 mai 2022
PUB
Concelhos

Médico dentista do SNS já trabalha em Alferrarede (C/ ÁUDIO)

6/04/2022 às 17:32
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Na manhã desta quarta-feira, 6 de abril, a Câmara Municipal de Abrantes, em conjunto com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, realizaram uma visita ao Gabinete de Saúde Oral da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Abrantes, que já se encontra a funcionar no Centro de Saúde de Alferrarede desde meados de março.

Diana Leiria, diretora do ACES do Médio Tejo, falou sobre o significado desta abertura do Gabinete de Saúde Oral no concelho de Abrantes e avançou com a informação de mais gabinetes a abrirem em breve na região.

“É um momento de alegria, uma vez que é algo que nós já há muito tempo pretendíamos iniciar e que resulta de uma parceria entre a nossa ARS e as autarquias do Médio Tejo”, começou por afirmar Diana Leiria que adiantou que se tratou de “um investimento em conjunto” pois as obras de adaptação, como esgotos, eletricidade e renovação do gabinete, foram feitas pela ARS, tendo a Câmara de Abrantes adquirido os equipamentos. A contratação das equipas “decorre também por conta da ARS”, revelou.

A diretora do ACES do Médio Tejo explicou que pode usufruir deste serviços “todos os utentes que necessitem, através de referenciação do seu médico de família” e que, em breve, “está previsto o arranque de uma equipa de Saúde Oral em Sardoal e em Constância”. O ACES prevê que, até final de abril, todos os concelhos estejam equipados com este serviço.

Diana Leiria, diretora do ACES Médio Tejo

David Martins é o médico dentista que trabalha no Gabinete de Saúde Oral em Alferrarede e contou-nos que “tem estado tudo a correr muito bem até agora, tem sido tudo fantástico” e que “as pessoas têm sido muito recetivas”. Esta nova valência no Centro de Saúde de Alferrarede vem facilitar “quem já estava à espera há muito tempo” e tem agora a oportunidade de “visitar o médico dentista sem ter que pagar no privado”. Afirmou que, em termos da lista de espera, “estamos a dar boa conta disso”, tendo já tratado de muitas das referenciações ativas estando, portanto, “em bom ritmo”. Segundo o médico dentista, “o feedback tem sido muito bom e tem sido positivo em todos os aspetos”.

David Martins reconhece que ainda há quem tenha muito receio da cadeira do dentista mas, na primeira consulta, “tento sempre ter uma abordagem mais calma de modo a ficar a conhecer as pessoas e elas a conhecerem-me e perceberem que não estamos aqui para aleijar ninguém”.

Acrescentou que “felizmente, hoje temos meios para fazer tratamentos sem magoar ninguém e formas de bloquear as dores”. Não vê, hoje em dia, “motivos para ter medo de ir ao médico dentista” e garantiu que, até hoje, ainda ninguém lhe fugiu da cadeira.

David Martins, médico dentista no Centro de Saúde de Alferrarede 

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, estava satisfeito por ter mais uma valência da saúde no concelho e mostrou-se disponível para mais avanços nesta área.

Começou por afirmar-se como “adepto do Serviço Nacional de Saúde” e considerou que “este é o melhor exemplo para concretizar este entendimento ideológico sobre a nossa perceção do SNS”. Hoje em dia, nem só as pessoas que têm dinheiro podem ir ao médico dentista, existindo “um novo cenário”. Explicou que “as pessoas que têm dinheiro podem vir ao médico dentista do serviço público e quem não tem dinheiro, não deixa de ser tratado”.

Satisfeito por “termos melhores condições para ajudar a nossa comunidade a sorrir, a estar mais bem disposta e a ter uma vida mais saudável”, afirmou que “é sempre um momento de satisfação e, sobretudo, de grande esperança para com o futuro”. O presidente da Câmara de Abrantes desejou ainda que “estes serviços de saúde Oral possam proliferar e que sejam otimizados”.

Manuel Jorge Valamatos disse querer continuar a acreditar “que todos aqueles programas de Saúde Oral, sobretudo nas crianças, continue a ter um papel importante naquilo que é a Saúde Oral da nossa comunidade”.

Adiantou o autarca que “a Câmara Municipal continua sempre atenta àquilo que é o desenvolvimento das ações ao nível da saúde”, lembrando que ainda há poucos dias o Município assinou a aceitação da transferência de competências nesta área. Mostrou-se disponível para “o que são os equipamentos e os materiais, como foi o caso do investimento que fizemos aqui neste Gabinete de Saúde Oral” e “totalmente disponíveis para todo o investimento necessário”, referindo a oportunidade que vai surgir no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência também para a saúde.

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes 

Basta então uma referenciação por parte do médico de família para que o utente possa beneficiar de médico dentista no SNS.

Este serviço teve início no ACES Médio Tejo com a presença de médico dentista no Centro de Saúde de Fátima, seguiu-se Abrantes e Entroncamento. Já este mês, arrancou em Ourém e em Tomar e seguem-se, em meados de abril, em princípio no dia 18, os centros de saúde de Constância e Sardoal. Para os restantes concelhos, “estamos ainda a fazer recrutamentos”, adiantou Diana Leiria.