Pesquisar notícia
sexta,
09 dez 2022
PUB
VN Barquinha

Exposição de António Bolota na Galeria do Parque

11/10/2022 às 15:50
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O artista António Bolota vai expor na Galeria do Parque, em Vila Nova da Barquinha, entre 15 de outubro de 2022 e 21 de janeiro de 2023. "Cordas" é mais uma mostra com a chancela da Fundação EDP, comissariada por João Pinharanda, no âmbito da parceria com o Município de Vila Nova da Barquinha para a programação artística do Parque de Escultura Contemporânea Almourol.

António Bolota começou a expor em meados dos anos 90 do século XX, trazendo para o universo artístico saberes oriundos da Engenharia, área onde radica a sua formação. Um conjunto de conhecimentos técnicos são convocados na criação de esculturas que se confrontam com o espaço para onde são construídos ou que se fundem com a própria arquitetura.

Segundo João Pinharanda, “o trabalho de António Bolota afirma-se como permanente exercício de tensão: tensão das formas, dos volumes, dos materiais e dos sentidos das obras em relação quer aos espaços onde se apresentam e em relação à origem e função que desempenham no universo de onde provêm (o da construção, o da engenharia e o da arquitectura) quer à função que passam a desempenhar no campo artístico para o qual são deslocadas.

O trabalho que aqui apresentamos mostra-nos obras em movimento, pensadas para uma paisagem aberta e em mutação. António Bolota apenas define as regras iniciais do jogo artístico registando depois as derivas aleatórias das peças com os seus movimentos determinados pelos ventos, pela agitação do mar, pelo confronto com as rochas, pela tensão das cordas que as seguram…

Esta exposição tem dois momentos: um conjunto peças escultóricas de formas múltiplas realizadas em madeira de cofragem com aplicações de ferro (argolas, parafusos, roscas); e um vídeo onde se percebe de onde vieram essas formas e porque se encontram semi-destruídas. O vídeo introduz a dimensão do registo do percurso do tempo: revelando em si mesmas o seu trabalho destruidor as esculturas aqui apresentadas acentuam a instabilidade do tempo ou dela dão testemunho.”

A inauguração está marcada para dia 15 de outubro, às 18 horas, na Galeria do Parque, no edifício dos Paços do Concelho de Vila Nova da Barquinha.

A exposição poderá ser visitada no horário de terça a sexta-feira das 11:00 às 13:00 e das 15:00 às 18:00. Também aos sábados, das 15:00 às 19:00.

A Galeria encerra ao domingo e segunda-feira.

A entrada é gratuita.