Pesquisar notícia
terça,
23 abr 2024
PUB
PS

Bruno Tomás ganha concelhia socialista com unanimidade (C/ÁUDIO)

10/10/2022 às 12:30
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Bruno Tomás é o novo presidente da comissão concelhia do Partido Socialista em Abrantes. O militante do PS, que já tinha no currículo a liderança da concelhia, apresentou-se a votos com a moção “Juntos Somos Mais Fortes” e recolheu a unanimidade na votação deste sabado, 8 de outubro.

Esta candidatura, apresentada como “centrada nas pessoas e na concretização de objetivos conjuntos” anunciava a continuidade do projeto do Partido Socialista de Abrantes e que Bruno Tomás assumiu como um apoio à governança do concelho. Recorde-se que o PS tem a maioria absoluta na Câmara e Assembleia Municipal e assume também maiorias absolutas em 9 das 13 freguesias do concelho. De notar que em Alvega e Concavada tem nesta altura uma situação de indefinição, já que se aguarda uma decisão de instâncias governamentais sobre a governabilidade daquele território.

Em declarações à Antena Livre o novo líder dos socialistas começou por dizer que gosta pouco de unanimismos, mas retira uma mensagem: “é o Partido Socialista estar junto e unido, não em torno de uma pessoa, mas em volta do projeto do PS que tem muitos anos no concelho. E o objetivo é ajudar a governança a pensar e a tornar este concelho mais competitivo.”

A eleição foi para a comissão política, um órgão alargado, que vai agora eleger o secretariado, que será o órgão diretivo no partido no concelho. Bruno Tomás não quis ainda adiantar quem fará parte deste grupo mais restrito, parque só agora é que a Comissão Política vai reunir e aprovar o novo secretariado. Será uma ação que deverá acontecer dentro dos próximos dias.

Já sobre as grandes preocupações e desafios do momento, Bruno Tomás, é pragmático: a curto prazo a subida do custo de vida e a escalada de preços da energia estão no centro das suas preocupações. Um dos desafios é perceber como é que “podemos todos juntos minimizar esta escalada”. E referiu que a concelhia tem a obrigação de falar sobre estas questões e ouvir a sociedade para perceber, a nível local, o que é que se pode fazer.

E depois acrescentou que tem de se desmistificar estas questões dos partidos políticos porque “política fazemos todos os dias, independentemente de termos um cartão de um partido ou não.”
O novo líder disse ainda que o partido tem de abrir as suas portas para a comunidade e deve ouvir as pessoas, em todas as freguesias.

E depois adiantou a preocupação com a governabilidade e estabilidade da freguesia de Alvega e Concavada.

Bruno Tomás

Militante do Partido Socialista, Bruno Tomás, começou o seu percurso político na Juventude Socialista de Abrantes em 2001 onde foi coordenador durante vários anos. Fez ainda parte de diversos Secretariados Concelhios, já foi Presidente Partido Socialista de Abrantes em 2012 e foi membro de várias Comissões Políticas Distritais. Foi eleito pelas listas do Partido Socialista, para a Assembleia da extinta Freguesia de São Facundo e para a Assembleia Municipal de Abrantes. É o atual presidente de Junta da Freguesia de Abrantes e Alferrarede e o coordenador da delegação distrital de Santarém da ANAFRE (Associação Nacional de Freguesias).

 

Júlia Augusto assume liderança das Mulheres Socialistas

No mesmo dia os militantes elegeram também, por maioria, Júlia Augusto como presidente das Mulheres Socialistas - Igualdade e Direitos (MS-ID).

Júlia Augusto encabeçou a única lista candidata, com 14 militantes com a moção “Mobilizar e capacitar. Junt@s”

Esta candidatura, de acordo com a agora líder das mulheres socialistas de Abrantes, “propõe-se reforçar o caminho iniciado pela anterior candidatura, conscientes e confiantes nos desafios e tem por objetivo reforçar a capacitação na participação dos militantes na política, na ação de mobilização das pessoas e implementação do projeto político do PS no terreno. Sempre tendo por base um espírito agregador e mobilizador, trabalhar ao nível do nosso concelho, fazendo pequenas diferenças para aquele que é também o desígnio do PS desde a sua génese - um movimento progressista e fraterno com vista ao aperfeiçoamento da humanidade.”

Militante do Partido Socialista desde 2008, Júlia Augusto, iniciou o seu percurso político integrando as listas à Junta de Freguesia de S. Vicente desde 2010 e exercendo uma militância ativa quer junto da concelhia do Partido Socialista de Abrantes, quer junto da Federação MS-ID de Santarém que pertence desde 2012.