Pesquisar notícia
quinta,
18 ago 2022
PUB
Concelhos

BEING “A Terra como acontecimento” para despertar consciências

25/05/2022 às 09:31
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Decorre em simultâneo entre o dia 12 de fevereiro e o dia 31 de outubro de 2022 a Temporada Portugal-França e a BEING - A Terra Como Acontecimento. Esta temporada faz parte da presidência francesa do Conselho da União Europeia, é uma “oportunidade para destacar a proximidade e a amizade que unem os dois países, ilustrada em particular pela presença em França de uma comunidade luso-descendente muito grande e em Portugal de um número crescente de expatriados franceses, duas comunidades dinâmicas, móveis e ativas, que constituem uma excecional ligação humana e cultural entre os nossos dois países”.

BEING – A Terra Como Acontecimento é um evento interdisciplinar e bilateral realizado como parte da Temporada Portugal-França liderada pelo Institut Français.

Este evento reúne artistas, académicos, cientistas e cidadãos de ambos os países em torno de uma reflexão a várias vozes sobre as diferentes questões ecológicas do nosso tempo.

A decorrer em Mação, entre 27 de maio a 25 de junho de 2022 BEING – A Terra como acontecimento está disponível em vários formatos desde exposições, seminários e um atelier.

Para esta abordagem multidisciplinar, o BEING – A Terra Como Acontecimento pretende dar respostas às questões do porquê e como as artes e a criatividade podem trazer ideias e iniciativas que beneficiam a uma nova consciência política e poética dos vivos.

 

Exposição Coletiva “a Terra Como Acontecimento” De 28 de maio a 27 de junho 2022

A Inauguração será dia 27 de maio às 18h no Cine Teatro Municipal de Mação.

Este evento conta com os artistas Romy Castro, Alain Séraphine, Patrice Mugnier,Juliette Pénélope Pépin, Marten Berkman, Roni Ben Ari , Johnny Miller e Mykalle Bielinski

O seminário, que decorre a 28 de maio, terá lugar no Auditório do Centro Cultural Elvino Pereira de Mação, das 14h às 18h, com intervenções de Romy Castro, J.A Bragança de Miranda, Luiz Osterbeek e convidados.

Já nos dias 30 e 31 deste mês o workshop “Porquê as Artes?”, liderado por Margalit Berriet, realizar-se-á no Instituto Terra e Memória de Mação entre as 10 e as 18h.

Maria Francisca Carvalho