Pesquisar notícia
quarta,
21 fev 2024
PUB
Vila de Rei

Assembleia Municipal aprova Plano Municipal de Ação Climática

6/02/2024 às 16:45
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Assembleia Municipal de Vila de Rei aprovou por unanimidade, no passado dia 1 de fevereiro, o Plano Municipal de Ação Climática.

As alterações climáticas constituem uma das maiores ameaças ambientais, sociais e económicas que a sociedade irá enfrentar.

O Plano agora aprovado prevê 17 medidas, umas de mitigação e outras de adaptação às mudanças previsíveis, no intuito de minimizar os efeitos negativos das alterações climáticas nos ecossistemas e na qualidade de vida da população, e diminuir as fragilidades do território face ao cenário das alterações climáticas e, simultaneamente, adotar medidas que contribuam para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa. Este plano irá assim dar continuidade aos trabalhos da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Vila de Rei, aprovada a 27 de fevereiro de 2020, sendo este o primeiro instrumento definidor de grandes linhas orientadoras, de médio e longo prazo, do Município de Vila de Rei para responder às alterações climáticas.

As projeções climáticas para o município de Vila de Rei apontam, entre outras alterações, para uma potencial diminuição da precipitação total anual e para um potencial aumento das temperaturas, em particular das máximas no outono e verão, intensificando a ocorrência de verões mais quentes e secos. É projetado ainda um aumento da frequência de ondas de calor e de eventos de precipitação intensa ou muito intensa.

Estas alterações poderão implicar um conjunto de impactos sobre o território municipal bem como sobre os sistemas naturais e humanos que o compõem. Mesmo na presença de respostas fundamentadas na adaptação e mitigação planeada aos cenários climáticos futuros, existirão sempre riscos climáticos que irão afetar o município em múltiplos aspetos ambientais, sociais e económicos. Torna-se por isso fundamental a análise, desenvolvimento e implementação de um conjunto coerente e flexível de opções de adaptação e mitigação que permitam ao município estar melhor equipado para lidar com os potenciais impactos das alterações climáticas, bem como tomar partido de potenciais oportunidades.

Rosa Martins, vereadora responsável pelo pelouro do ambiente destacou que “queremos, devemos e temos que estar preparados para esta nova realidade, de forma credível e coerente. Juntos, e com a participação de todos, podemos construir um concelho de Vila de Rei mais sustentável, atraente, dinâmico e atrativo, ainda com melhores condições de vida para nós e para aqueles que nos visitam. O Município de Vila de Rei tem vindo, ao longo dos últimos tempos, a apostar na criação e dinamização de uma cultura socioeconómica virada cada vez mais para o desenvolvimento sustentável. E com este Plano, é nosso objetivo anteciparmos os fenómenos associados e desencadearmos as ações de adaptação e mitigação adequadas, com vista a salvaguardar a proteção do ambiente, das pessoas e dos bens”.