Pesquisar notícia
terça,
18 jun 2024
PUB
Abrantes

Ambulância fora de serviço vai ser transformada para transporte de animais (c/áudio)

13/04/2023 às 09:42
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Ambulância que vai ser transformada para o CRO

Uma ambulância que chegou ao fim de vida, no que diz respeito ao seu uso para transporte de doentes vai ser reaproveitada para outras funções. Vai servir para captura e transporte de animais, depois das modificações necessárias e das respetivas autorizações.

A história é muito simples. Na última reunião do executivo municipal de Abrantes foi aprovado por unanimidade a restituição de uma ambulância de socorro, que havia sido cedida à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA) em 2013, no âmbito de um protocolo celebrado na altura entre as duas entidades.

Mas na mesma deliberação consta a nova função desta viatura: ”...para que seja transformada para o socorro e transporte de animais doentes ou maltratados.”

No final da reunião do executivo municipal a vereadora Celeste Simão explicou, com mais pormenor, este processo. Do ponto de vista administrativo a viatura vai agora para o estaleiro municipal onde será alvo de transformação das suas funções para as novas. E não se pende apenas com o transporte de animais feridos. Trata-se de uma viatura que será depois entregue ao Canil/Gatil de Abrantes, Constância e Sardoal para poder ser utilizada no transporte de animais. E não se trata apenas de recolha de animais feridos ou doentes porque essa responsabilidade é, em primeira instância, das forças de segurança, ou seja, PSP e GNR.

Depois de o processo de transformação a viatura ser caracterizada para as novas funções e poderá entrar em funcionamento apenas depois do IMT (instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres) emitir a respetiva licença.

Aos jornalistas a vereadora Celeste Simão referiu que atualmente está uma carrinha afeta ao Centro de Recolha Oficial Intermunicipal de Abrantes, Constância e Sardoal (CRO) e com uma carga de trabalho muito grande pelo que não é possível acorrer a todas as solicitações. Por outro lado, muitas vezes também há necessidade de recolha de animais para esterilização, pelo que esta “ambulância” torna-se muito importante. E vem acrescentar outro tipo de serviços, por exemplo “quando nos ligam a dizer que houve animais atropelados e que precisam de ser recolhidos.”

A vereadora quis deixar claro que nesta matéria há competências das forças de segurança (PSP e GNR), mas é preciso olhar para os três concelhos e perceber que muitas vezes tem de haver entreajuda entre os vários parceiros.

A vereadora referiu ainda que a informação que tem do CRO é que quase todos os dias há animais a ser recolhidos. “Todos os dias há sinalização de animais para recolha”, notou a autarca, realçando que a viatura que existe não chega para as ocorrências.

Celeste Simão, vereadora CM Abrantes

Com esta deliberação, a viatura que até aqui era uma ambulância pode ser recolhida para prepara as modificações. Será tempo de a equipar com instrumentos necessários à nova função e criar o novo design. E depois esperar pela autorização de circulação do IMT.