Pesquisar notícia
quarta,
20 out 2021
PUB
Concelhos

Abrantes: Voto antecipado nas Eleições Presidenciais

13/01/2021 às 10:25
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Até esta quinta-feira, dia 14, é possível fazer a inscrição para exercer o direito de voto antecipado este domingo, dia 17. Em Abrantes, irá funcionar, pelo menos, uma mesa de voto (no serviço de atendimento da autarquia), sendo que, havendo mais de 500 inscritos, será aberta outra mesa.

A Câmara Municipal de Abrantes informa que, devido à pandemia, o voto antecipado em mobilidade foi alargado a todos os eleitores recenseados no território nacional, mas é necessário fazer um pedido expresso para o efeito, até quinta-feira, dia 14, para votar antecipadamente numa mesa de voto por si escolhida.
A manifestação da intenção de votar antecipadamente deverá ser feita através da plataforma eletrónica em www.votoantecipado.mai.gov.pt . O mesmo poderá ser feito via postal, dirigido à Administração Eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna com a seguinte informação: nome completo, data de nascimento, número de identificação civil, morada, qual a mesa de voto antecipado em mobilidade onde pretende exercer o direito de voto e o endereço de correio eletrónico e/ou contacto telefónico.
A votação decorrerá no dia 17 de janeiro, entre as 8h e as 19h. Em Abrantes, irá funcionar, pelo menos, uma mesa de voto (no serviço de atendimento da autarquia), sendo que, havendo mais de 500 inscritos, será aberta outra mesa.
Todos os eleitores recenseados no território nacional podem exercer o seu direito de voto antecipado em mobilidade. Os eleitores de Abrantes que se encontrem deslocados também poderão votar em qualquer outro concelho do território nacional, escolhendo o local de voto no momento da sua inscrição.

Cidadãos em confinamento
No caso dos eleitores que estejam em confinamento, também podem votar antecipadamente, no seu domicílio, devendo inscrever-se previamente entre os dias 14 e 17 de janeiro, na plataforma acima referida. No entanto, deverão cumprir um conjunto de requisitos, que são cumulativos e que serão validados pela plataforma no ato da inscrição, nomeadamente: deverão estar em confinamento obrigatório declarado e registado oficialmente pelo Serviço Nacional de Saúde e cujo termo seja após 24 de janeiro; estejam no respetivo domicílio ou noutro local definido ou autorizado pelas autoridades de saúde que não em estabelecimento hospitalar; e se encontrem recenseados no concelho da morada do local do confinamento ou em concelho limítrofe.
Os cidadãos em confinamento obrigatório podem também solicitar o voto antecipado na junta de freguesia onde está recenseado, através de terceiro que apresente declaração assinada por si e cópia do seu CC/BI. Entre 19 e 20 de janeiro, um técnico da autarquia desloca-se à morada indicada para que vote.
Em Abrantes, poderão ser recolhidos votos dos cidadãos confinados na área do concelho e que estejam recenseados em Abrantes, Chamusca, Constância, Mação, Sardoal, Tomar, Ponte de Sor, Gavião, Vila Nova da Barquinha e Vila de Rei. Da mesma forma, os cidadãos recenseados em Abrantes que se encontrem confinados nestes concelhos, poderão votar antecipadamente nesse concelho. A recolha dos votos será feita no domicílio, à porta, nos dias 19 e 20 de janeiro, pelo Presidente da Câmara ou por quem ele delegar, sendo este ato acompanhado pelos delegados das candidaturas que o pretendam.
O procedimento previsto para a recolha é moroso e exigente, procurando acautelar a proteção individual de quem vota e de quem recebe o voto. Os votos recebidos ficarão em período de quarentena antes de serem enviados para as mesas de voto correspondente.
Para os eleitores recenseados em território nacional e deslocados no estrangeiro, votam antecipadamente nas embaixadas ou consulados previamente definidos pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, entre 12 e 14 de janeiro.

Novas mesas de voto em Abrantes
No dia 24 de janeiro, em Abrantes, à semelhança do que já se verificou no último ato eleitoral, em outubro de 2019, as mesas de voto que antes funcionavam na Escola EB1 nº 2, no Alto de Santo António, funcionarão no Edifício Pirâmide, também no Alto de Santo António.
Na Escola António Torrado, localizada na Encosta da Barata, estarão a funcionar duas mesas de voto, onde poderão votar todos os cidadãos residentes e recenseados na área envolvente (Encosta da Barata, Bairro Catroga e Gaio, Urbanização das Acácias, Samarra e todos os residentes nos prédios confinantes com o troço da Avenida D. João I, entre a rotunda do Quartel e a rotunda do Lidl).