Pesquisar notícia
sábado,
27 nov 2021
PUB
Sociedade

Médio Tejo volta a “ficar a caminho” este fim de semana

13/10/2021 às 16:01
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

No fim de semana passado teve início a programação do ciclo Caminhos da Pedra que terá continuidade esta semana entre os dias 15 a 17 de outubro.

Os concelhos de Entroncamento, Sardoal e Vila Nova da Barquinha “ficam a caminho” com uma programação diversificada que vai desde a música, o teatro e as marionetas.

“O Meu Amor Virá de Comboio” é a peça que sobe a palco do Cineteatro São João, no Entroncamento, às 22h00 de sexta-feira. No dia seguinte, o teatro “Sopa de Jerimu” vai animar a Praça Nova de Sardoal, às 16h00. Já a cantora LIKA chega ao Centro Cultural Gil Vicente, às 21h30.

No dia 17 de outubro, domingo, o teatro de marionetas “Ninho” realiza-se às 16h00, no Cineteatro São João, na cidade ferroviária. Este ciclo da Pedra finaliza com Fernando Tordo, que apresenta “Ary dos Santos: As Histórias das Canções”, às 21h00, no Auditório Municipal de Vila Nova da Barquinha.

Para além deste ciclo da Pedra, decorre também o projeto Caminhos das Pessoas que traz, nos dias 15 e 16 de outubro, Miguel Horta com “Caça Texturas” ao Jardim da República de Abrantes, com um workshop de texturas para toda a família.

Toda a programação está disponível em https://caminhos.mediotejo.pt/.

Quanto ao balanço relativo aos dias 8 a 12 de outubro, segundo a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, “não podia ser melhor”.

“Salas e espaços bem preenchidos e com grande dinâmica foram uma constante no Entroncamento, em Ourém e em Torres Novas” onde, entre outros artistas, passaram Rui Massena, Noiserv e as companhias: Teatro Só, Erva Daninha, Titeres de Maria Parrato e Mistaker Maker (nas fotos).

O Caminhos é um projeto que se divide em três ciclos culturais de programação em rede no Médio Tejo, e que envolve os 13 municípios. Estreou-se em 2017 com três caminhos a percorrer: os Caminhos do Ferro em abril, os da Água em julho e os Caminhos da Pedra, em outubro.

Os eventos estão sujeitos às normas de prevenção COVID-19 em vigor, em alguns casos condicionados ao levantamento de bilhetes.

O projeto é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.